JUDAISMO HUMANISTA

O Judaismo Humanista é a pratica da liberdade e dignidade humana

Educação Formal e não Formal - dentro de uma Pespectiva da Educação em Israel - Jayme Fucs-Bar

Educação Formal e não Formal - dentro de uma Pespectiva da Educação em Israel - Jayme Fucs-Bar

Conceito de Educação
A educação no sentido amplo é sinônimo de socialização do indivíduo, educação compreende todos aqueles processos institucionalizados ou não que visam transmitir determinados conhecimentos e padrões de comportamento a fim de garantir a continuidade da cultura e normas da sociedade.
________________________________________
Educação Formal
OBJETIVO:
A educação formal tem objetivos claros e específicos .Seus objetivos são de socializar o indivíduo dentro das normas da sociedade. A escola / a universidade geralmente simbolizam a educação formal.
A ESTRUTURA:
A escola como órgão depende de uma linha educacional centralizada como o currículo, esta linha é determinada a nível nacional, sendo que esses organismos são fiscalizados pelo ministério da educação, sua estrutura é hierárquica burocrática.
A ADMINISTRAÇÃO:
A parte administrativa é organizada por coordenadores que não trabalham geralmente como professores ; professores que têm como aspiração ascender a cargos mais altos geralmente tende a abandonar o ensino. A divisão de trabalho é por funções determinadas.
AS NORMAS:
A escola se divide em pequenas frações, baseadas na idade cronológica onde se formam as classes ; as classes estão condicionadas a normas de comportamentos próprios como: horário, conduta, cadeiras específicas para cada aluno, etc. A educação neste sentido tem exigências claras como competição e aquisição que fazem parte do dinamismo escolar, a educação tem que provar por meio de exames o que o aluno aprendeu, ele é avaliado por notas ou conceitos, com punições para aqueles que não têm uma boa avaliação, punições como repetir de ano, provas nas férias e em alguns casos abandono do colégio.
A LEI DO ENSINO:
A educação nesse caso não é uma escolha pessoal voluntária, o educado não participa das atividades escolares por determinação própria. Esse tipo de educação é obrigatória por lei,(na maioria dos paises ocidentais) ela é não só de responsabilidade da família como também da sociedade, a lei do ensino obrigatório em Israel vai até os 16 anos. Os estudantes estão no colégio como serviço obrigatório sendo que os organismos como Vaada ( comissão das famílias ) vêm a fiscalizar a existência de abuso de poder.
AQUISIÇÃO SOCIAL:
Nos colégios os professores tendem a preferir os alunos com capacidade de aquisição no ensino mais alto, de certa maneira o colégio define a categoria social de cada aluno fazendo-os passar por exames de seleção, transformando o colégio em estandarte rígido e racionalizado não igualitário.
O PROFISSIONAL:
Na educação se vê um fenômeno de ter em grande parte a presença da mulher como profissional de educação, a profissão de professora dá condições de manter as atividades normais na família. O interessante é que na parte administrativa da educação a tendência é mais masculina.
A relação profissional e a aquisição de melhores condições de trabalho está baseada em tempo de serviço e não na capacidade profissional, esse sistema faz com que os professores mais antigos sejam mais conservadores nas exigências da classe profissional.
DETERMINAÇÃO IDEOLÓGICA:
Em Israel e em quase toda a parte do Mundo Ocidental é muito difícil manter colégios particulares sem a ajuda econômica do estado. A educação é quase que um monopólio do estado e quase sempre é ela que vai definir a linha ideológica da educação do país.
________________________________________

Educação não Formal
OBJETIVO:

Na educação não formal os objetivos também estão ligados na socialização do indivíduo dentro da sociedade, ele se diferencia no meio e na forma que aplicam os seus objetivos. Atuam de forma difusa, menos hierárquica e burocrática. três exemplos: Movimento Juvenil, Centros Culturais, Centros comunitários.
A ESTRUTURA:
A educação não formal está sempre a procurar o equilíbrio entre a anarquia e a ordem, na qual suas atividades podem ampliar não só os pequenos grupos como também a toda a comunidade sem determinação de idades. Muitas vezes as instituições não formais exigem uma estrutura interna muito bem organizada principalmente por trabalhar com atividades variadas e com diferente tipos de publico.
ATIVIDADES:
Suas atividades geralmente são voluntárias, muitas vazes paga pelos seus participantes, elas têm ideologia de ação própria com objetivos específicos. e esta aberta a todas as faixas etárias. Seu campo de ação é muito variado: passeios, estudos de grupo, teatro, artes, esporte, lazer, acampamentos, jogos etc...
A ESTRUTURA:
A educação não formal como órgão não tem uma centralização unificada institucionalizada que determina currículos e a fiscaliza. Elas são de certa forma autônomas e procuram não se deixar monopolizar por grupos institucionais. Elas geralmente se identificam com suas comunidades de origem, que tenha afinições culturais ou ideológicas.
AUTONOMIA ECONÔMICA:
O ministério da educação em Israel financia parte das atividades da educação não Formal, porém ela não é suficiente, as instituições tendem a criar formas de renda própria, criando capacitações de recursos, evitando a dependência econômica do estado. As instituições não formais trabalham muito, criando projetos específicos de educação, como prestadoras de serviços, esses projetos são aprovados e financiados por fundos particulares ou governamentais, tende hoje em Israel a se trabalhar ou distribuir verbas para educação em função de projetos, e não mais verbas para manutenção.

O PROFISSIONAL:
Fora o seu cargo específico, o profissional pode ter outras funções, podendo alcançar cargos de administração e direção do órgão. Na estrutura do trabalho o tempo e o horário das atividades são de forma geral não determinadas, podendo o profissional trabalhar tanto de dia como de noite, o seu trabalho exige muita sensibilidade social, estando sempre condicionado a conviver com pressões políticas, problemas comunitários, problemas sociais...
Em Israel Educação não Formal e profissão reconhecida, exige quatro anos de estudos universitários.
________________________________________
Educação Formal e não Formal
EXISTEM DOIS TIPOS DE EDUCAÇÃO ?

Não existe nesses dois tipos de modelos duas educações diferentes, existe uma só educação na qual o objetivo geral é a socialização do indivíduo.
Os dois modelos não só vêm a compensar um ao outro como também ampliar o campo de aprendizagem.
A QUEM CABE A RESPONSABILIDADE NA EDUCAÇÃO?
Tanto o colégio como os centros comunitários ou os variados órgãos existentes, têm uma forma única de reafirmar a responsabilidade da sociedade na educação dos seus indivíduos. Sem dúvida nenhuma a ampliação e o fortalecimento da educação está ligado diretamente a verbas qualificadas. O perigo da educação de se formar elitista é muito grande, e a forma de garantir que todas as camadas da sociedade possam participar desse processo amplo de educação como uma prioridade nacional.

EXEMPLO ISRAELENSE DE ATUAÇÃO CONJUNTA DOS 2 MODELOS: NO COLÉGIO SAFIT NO KIBUTZ KFAR MENACHEM
Safit é um colégio secundário, onde a maioria de seus alunos são de Kibutzim e Moshavim e da cidade de Kiriat Malachi. O colégio Safit está dividido em duas formas de atividades como colégio obrigatório (formal) que funciona durante o turno da manhã e colégio voluntário (Não Formal) que funciona no turno da tarde e noite.
AS NORMAS:
O colégio obrigatório está baseado nas normas do ensino do ministerio de educação de Israel , sendo fiscalizado pelo ministério . Seus objetivos visam a competição e aquisição da Bagrut ( vestibular em Israel ), tendo atividades de profissionalização para educados que não conseguem acompanhar o ritmo das exigências.
O ENSINO:
O colégio usa de vários meios para ampliar a qualidade de seu ensino como biblioteca, sala de leitura, educação especial, orientadora educacional, orientador para cada turma etc. Os alunos têm obrigações, deveres e direitos claros e específicos, o colégio obrigatório é dirigido por uma diretoria de ensino.
A EDUCAÇÃO NÃO FORMAL DENTRO DO COLÉGIO:
Na parte da tarde o colégio se torna voluntário, com atividades difusas amplas não obrigatórias.Em Safit o colégio voluntário funciona 3 vezes por semana e as atividades existentes são: cursos, música, esporte, atividades culturais, trabalhos na estufa, passeios, atualidades, movimento juvenil, projetos sociais, etc. As atividades são organizadas pelos propios alunos ( mais velhos) junto com orientadores e centralizado por um coordenador(a) de educação Não Formal .
OBJETIVOS UNIFICADOS:
Os objetivos são de criar uma comunidade juvenil onde os jovens assumam de certa maneira a responsabilidade dessa comunidade de estudantes, assumindo responsabilidades seja na participação das equipes de trabalho, elaborando e planejando as atividades, os paseios, projetos etc. Inclusve assumindo a responsabilidades da manutenção da comunidade de estudante como limpeza e jardinagem.
Os dois modelos se compensam entre si e estão dentro de uma visão educacional única, vindo inclusive a atender as necessidades ideologicas do Movimento Kibutziano de formar não somente jovens que possam consequir uma boa vaga na universidade como tambem forma bons seres humanos com responsabilidades sociais e coletivas.
A RELAÇÃO ENTRE OS DOIS MODELOS:
Esses dois modelos procuram constantemente manter a harmonia e o equilíbrio, pois a tensão faz parte do seu dinamismo. Em Safit o conflito e a tensão existentes ocorre principalmente nas turmas de pré vestibular e vestibular, que de um lado precisam usar a energia para as provas e do outro liderar a comunidade juvenil.
RELAÇÃO PROFISSIONAL:
Na dinâmica do colégio se vê a clara posição entre os professores que exigem e dão como prioridade os estudos e do coordenador do centro juvenil , que logicamente dá prioridade as atividades da educação não formal. A função da diretoria nesse caso é de suma importância, é ela que vai manter o equilíbrio necessário nos casos de conflito.
A discussão é algo inevitável e é ela que cada vez mais ajuda a aprimorar os dois modelos num mesmo campo de ação.

Texto de Jayme Fucs-Bar
Kibutz Nachshon 1994

Exibições: 273

Responder esta

Respostas a este tópico

Educação Formal e não Formal - dentro de uma Pespectiva da Educação em Israel - Jayme Fucs-Bar
É um ótimo tipo de ensino

Responder à discussão

RSS

© 2019   Criado por Jayme Fucs Bar.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço