JUDAISMO HUMANISTA

O Judaismo Humanista é a pratica da liberdade e dignidade humana

(PARANÁ) NÚCLEO DO JUDAÍSMO HUMANISTA DO PARANÁ

Informação

(PARANÁ) NÚCLEO DO  JUDAÍSMO HUMANISTA DO PARANÁ

O Núcleo do Judaísmo Humanista do Paraná foi criado em 1º de Fevereiro de 2011.

Informações pelo Tel. (41) 9893-9192

Local: Curitiba - Paraná
Membros: 31
Última atividade: 23 Fev, 2017

CRIAÇÃO DO NÚCLEO DE JH do PR. UM MARCO EM NOSSA HISTÓRIA.

O Núcleo do Judaísmo Humanista do Paraná foi criado em 1º de Fevereiro de 2011 em uma reunião onde compareceram 20 pessoas com o objetivo de discutir a seguinte pauta: Criação do Núcleo JH do PR, Posicionamento sobre Direitos Humanos em Israel, Palestina e Oriente Médio.

A reunião foi extremamente produtiva, onde após discutirmos os assuntos em pauta e assistirmos alguns videos elaboramos um texto que deixa claro o posicionamento dos Judeus Humanistas do Paraná em relação ao conflito entre Israel e Palestina e a Violação de Direitos Humanos entre esses dois povos, bem como nos países do Oriente Médio.

A surpresa do evento se deu por conta de uma proposta feita pela adolescente Marcela Barzilai que propôs a criação do Núcleo de Judaísmo Humanista TEEN, ou seja, um espaço para jovens Judeus Humanistas com menos de 18 anos objetivando um intercâmbio entre adolescentes no Movimento.

Também ficou definido que todas as Sextas Feiras às 19:30 horas nos reuniremos para o Cabalat Shabat ( Local: Sinagoga Teshuvá - Rua Vicente Machado 198 Cj 302 - Centro )

 

POSICIONAMENTO DOS JUDEUS HUMANISTAS DO PARANÁ EM RELAÇÃO  ÀS VIOLAÇÕES DE DIREITOS HUMANOS EM ISRAEL, NA PALESTINA E OUTROS PAÍSES DO ORIENTE MÉDIO.

 

O conflito entre Israel e Palestina não deve ser tratado como uma questão religiosa. O sionismo não intentou criar o Estado de Israel para termos uma “Terra Santa”, mas para que os judeus do mundo inteiro após inúmeras perseguições e massacres pudessem viver em segurança e paz. Não entendemos que as perseguições aos judeus ocorreram por questões religiosas, mas porque pertenciam a um povo.

Atitudes e comportamentos humanistas podem ser predominantes na educação e ensino das crianças de Israel e da Palestina, principalmente nas regiões onde o conflito é mais evidente, a exemplo dos territórios ocupados. Temos visto que há uma grande preocupação em registrar as atitudes hostis, principalmente de judeus para com Palestinos, mas não temos conhecimento de quais são os projetos educacionais envolvendo os dois povos, já que o acesso à informações, principalmente de como é o cotidiano da vida dos palestinos é restrito. Sabemos da existência de escolas israelenses onde jovens árabes/palestinos e judeus estudam juntos e se respeitam.

Consideramos inaceitáveis  a existência de grupos políticos que assumem a condição de terroristas, como Hammas e Hebolah e entendemos que se a palestina necessita ser reconhecida como um Estado de Direito, deva demonstrar atitudes que reflitam isso, principalmente seus habitantes.

Entendemos que a prioridade de relacionamento entre Judeus e Árabes não é a amizade, mas o respeito mútuo.

Violações de Direitos Humanos como: Perseguições e hostilidades com árabes residentes em Israel, discriminação e agressão à mulheres, hostilidades de soldados para com a população civil, terrorismos e atentados, apologia ao ódio contra judeus na infância palestina, precisam cessar imediatamente.

Quanto aos outros países do Oriente Médio, entendemos que todo e qualquer regime governamental pode ser pautado nos anseios democráticos, objetivando respeitar a liberdade individual e coletiva, garantindo os direitos universais e fundamentais de homens, mulheres e crianças, respeitando diferenças como: cor da pele, etnia, religião e opção sexual.

Fórum de discussão

SHANÁ TOVÁ UMETUKÁ!

Iniciado por Marcelo Barzilai 14 Set, 2015. 0 Respostas

Continuar

Parashá Nitsavim - MEU CORPO SOBRE O ARREPENDIMENTO ( Por Gustavo Gitti )

Iniciado por Marcelo Barzilai 12 Set, 2015. 0 Respostas

Na parashá dessa semana, NITSAVIM, Moshe reúne o Povo pela última vez e a base do seu discurso está no ARREPENDIMENTO.Quero trazer aqui um texto de Gustavo Gitti “ MEU CORPO SOBRE O ARREPENDIMENTO”…Continuar

Parashá Shoftim . (Por Marcelo Barzilai )

Iniciado por Marcelo Barzilai 19 Ago, 2015. 0 Respostas

Parashá Shoftim . (Por  Marcelo  Barzilai )           Muito interessante o texto da parashá desta semana porque trata da regulamentação e do comportamento das pessoas encarregadas de liderar e…Continuar

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de (PARANÁ) NÚCLEO DO JUDAÍSMO HUMANISTA DO PARANÁ para adicionar comentários!

Comentário de Marcelo Barzilai em 5 março 2011 às 1:14

UM CABALAT SHABAT INESQUECÍVEL!!! 04/03/2011

Inesquecível não somente porque o CALDO de legumes da chaverá Célia estava delicioso, ou porque as UVAS que o chaver Fabrício trouxe estavam saborosas, o vinho e o pão deliciosos, ou porquê a reflexão da Parashá Pecudê nos trouxe novos caminhos para o entendimento e sabedoria. Foi inesquecível porque fomos anfitriões de 3 visitantes ilustres: o ADO LEVY, a REGINA e também a ANANDA ( desta vêz a porção aumentou). E o nosso Chazan, GUILHERME? Arrebentou!!!

BARUCH HASHEM!!!

Comentário de Marcelo Barzilai em 26 fevereiro 2011 às 1:03

"IEVARECHECHÁ ADONAI VEYISHMERÊCHA" Kehilá de Curitiba!!!

Vocês me proporcionaram mais uma semana de alegria com esse lindo 'CABALAT SHABAT" ( 25/02/2011).

A Fran e o chaver José Lourenço enfim apareceram ( porção dobrada novamente).

O Fernando ( Já posso dizer, ex chabad) se revelou um exímio cantor sefaradita. Iluminou nossa noite!!!

PÃO E VINHO como sempre. Um CALDO de Cenoura e Abóbora e a benção da multiplicidade, ROMÃS ( trazidas pelo chaver Marco)  e o carinho de cada um representado pelos MORANGOS ( trazidos pelo chaver Fabrício).

O QUE MAIS? União e muito Amor!

"Baruch atá Adonai,hamevarech et amó Yisrael bashalom".

                                                   Marcelo Barzilai

                                           

Comentário de Marcelo Barzilai em 22 fevereiro 2011 às 20:12
Todah Rabah Ahuv Jayme!!! Tenho certeza que o Eterno tem muitas Brachot especiais para você!
Comentário de Jayme Fucs Bar em 19 fevereiro 2011 às 14:53

Baruch Atá A-do-nai, E-lo-hê-nu Mélech haolam, asher kideshánu bemitsvotav, vetsivánu Kiumo Keilaot  Israel ve Hayadut Humanistit be Parana.

Brachot ! A todos vcs da keila do Nucleo do JH do Parana. Sinto que voces sao uma Keila muito especial , que devemos todos prestar o maior respeito, por cada um de Voces!

 

Um Forte abraco a todos!

Voces conseque com todas as dificuldades e barreiras fazer um  Judaismo Vivo, cheio alegria e de muita  esperanca para todos!

 

Comentário de Marcelo Barzilai em 19 fevereiro 2011 às 7:55

BARUCH HASHEM!  Mais um "Cabalat Shabat" Humanista em Curitiba e acredito que realmente recebemos uma porção dobrada de tudo no Shabat. Fomos agraciados com a presença de mais dois participantes: MARCO e FERNANDO ( Chabad), a quem desejamos as mais preciosas Brachot.

AH!!! Só prá deixar todo mundo com água na boca, depois de rezar, cantar e  do midrash da parashá  veio o Kidush, onde degustamos um vinho delicioso trazido pelo chaver Beto, a Chalá da chaverá Jô, Uvas saborosíssimas do Chazan Guilherme e.... o Caldo é claro!!! Minha Eshet Chayil nos presenteou com Caldo de Mandioca e Creme de Ervilhas.

"VOCÊS ACHAM QUE DÁ PRÁ PERDER UM CABALAT DESSES"???

Chesed v'Shalom Alechem!

                                           Marcelo Barzilai.

Comentário de Elias Salgado em 19 fevereiro 2011 às 3:53

Rav Marcelo, chaver Ikar, haShalom Aleicha.

Vc. nãoi magina minha alegria ao ler os relatos de tudo q.está rolando em Curitiba.

Concordo com o Sergio que Curitiba tem tudo para deslanchar eétudo oq. desejamos.

Mazal Tov,

Chazak UBaruch

Rlias

Comentário de Fernando Ramos Goulart de Souza em 14 fevereiro 2011 às 22:56

Shalom Rabi , tenho viajado bastante e nunca tô por aí na sexta feira, mas tenho pensado muito em nossos estudos. Ah! tenho dado boas risadas c/ aquele livro do Efraim Kishom q vc me emprestou.

                                        Q o Eterno guarde a todos aí!

                                                 Fernando.

Comentário de Marcelo Barzilai em 11 fevereiro 2011 às 22:12

Shabat Shalom, Chaverim V'chaverot!

Foi muito Lindo o Cabalat Shabat de hoje ( 11/02/2011). Com a participação de todos na discussão da Parashá, pela primeira vêz não me deixaram falando sozinho. E sabe o que isso significa? Que todos estão inteirados, procurando viver o Judaísmo, deixando aflorar a busca pelo conhecimento. O mais incrível foi a desenvoltura de alguns, talvez tenha sido os caldos gentilmente servidos pela chaverá Célia, de milho e batata salsa, pois tivemos até dança no final. Mas o ponto alto foi o ADON OLAM em ritmo Sefaradi com efeito no teclado e tudo.

Chesed v'Shalom Alechem

                                              Marcelo Barzilai.

Comentário de Sérgio Storch em 5 fevereiro 2011 às 9:11

Marcelo e novos amigos

Para mim foi também imensamente gratificante ver brotar um núcleo de forma tão vigorosa. Talvez em cidades menores o processo de contaminação seja mais rápido que nas cidades grandes, e Curitiba tem uma cultura civil que pode fazer que o núcleo de vocês seja exemplar para todos nós.

Não vejo a hora de estar aí num Shabat com vocês.

Um grande abraço, Shabat Shalom

Comentário de Marcelo Barzilai em 4 fevereiro 2011 às 21:45

Encerramos o Cabalat Shabat (04/02/2011) e eu mal pude esperar para estar aqui e fazer os devidos agradecimentos: Beto, Jô, Fran, Maryna, Mayara, Célia, Marcela, Thi, e um agradecimento especial à Jarbas e ao nosso Hazan Guilherme. Todos vocês são muito especiais para mim e tenho certeza para Hashem que iluminou suas vidas nesta noite.

                                                            Marcelo Barzilai

 

Membros (30)

 
 
 

© 2020   Criado por Jayme Fucs Bar.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço