JUDAISMO HUMANISTA

O Judaismo Humanista é a pratica da liberdade e dignidade humana

O Movimento O Grito Manso" é um ato de Ação Individual idealizada por Paulo Freire, para criar uma massa critica de concientização humana para que seja possível realizar um grande movimento de transformação social e ecológico.

"O Grito Manso" é um movimento individual – coletivo, onde cada ser humano devera assumir uma postura consciente de realizar ações individuais no seu dia a dia. Ações individuais em seu meio familiar e comunitario, consumindo menos, apoiando a micro-economia local, ativando-se como membro de uma comunidade, atuando em uma rede social ou ecologica, boicotando produtos cujo fabricantes não cumprem com obrigações sociais , não consumindo produtos que prejudiquem o meio ambiente, ser voluntário em atividades de ação social, participar de atos contra as guerras e genocídios humanos, ser ativo na luta pelos direitos dos exclui-los, tomar parte nas manifestações por justiça e por uma economia solidária.

Vamos sair da apatia e do conformismo!
Seja um agente de mudança!
Seja parte de uma massa critica !
Vamos fazer aclamar um grande "Grito Manso" por uma sociedade solidária e ecologica!
Vamos praticar o ato do " Grito Manso",que idealizou o educador Paulo Freire, ato de conscientizar seres humanos, para um conciencia critica ,assumindo responsabilidades individuais, como forma de transformar a sociedade, para nos libertarmos e com isso ajudar a criar o que idealizou Paulo Freire "Um mundo menos malvado , menos feio , menos autoritário, mais democrático, mais humano".

* Ideia desse texto tem como base a conferencia realizada por Paulo Freire, com educadores em 1996 na Patagonia - Argentina,essa conferencia foi gravada e trasformada mais tarde num Livro "falado" O Grito Manso.

Jayme Fucs Bar

Exibições: 1145

Respostas a este tópico

Poxa Jayme q legal, eu ñ conhecia esse movimento. Também pudera né? Quando Paulo Freire esteve em conferência na Patagonia em 1996 eu estava nascendo... :D Mas vou procurar me inteirar mais, pq eu achei uma grande idéia.

Valeu!

Oi Marcela, vou contar um segredinho: uma noite o Paulo Freire veio jantar lá em casa. Era 1982, eu morava em Boston, e quando fui buscar meu filho na creche, a freira que era professora na creche me contou que o Paulo Freire ia fazer uma palestra no Boston College (a PUC de lá). Eu fui, né? E no fim, papo vai, papo vem, ele veio jantar conosco.:-)

Fora isso, sempre fui fã de carteirinha. Aqui em SP temos o Instituto Paulo Freire, que participa em vários movimentos educacionais. O dia em que você estiver aqui, eu te levo lá.

Seria legal fazer conexões entre Paulo Freire e educadores judeus, como Vygotsky e Janusz Korczak (que não abandonou suas crianças quando os nazistas as levaram para o campo de concentração. Foi junto). Há muita proximidade.

Outra coisa legal de saber - e poucos sabem - é que Israel é o país onde mais se desenvolveu a educação democrática (os alunos, desde o básico,  tomam as decisões sobre os projetos que querem fazer). Um israelense dirige o IDEC - Institute for Democratic Education.

Esse é o tipo de coisas que eu quero que a minha filha aprenda para seu Bat Mitzvá.

 

Um beijo

Marcelinha, vamos ler juntos o "Grito Manso"? Com mais adolescentes que vão entrar para o Bnai Mitsvá? Não desisti não, estou pescando, e em breve teremos a entrada de uns 3-4.

 

Um beijo. Não vejo a hora de papearmos diretamente. Falta pouco.

RSS

© 2021   Criado por Jayme Fucs Bar.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço