JUDAISMO HUMANISTA

O Judaismo Humanista é a pratica da liberdade e dignidade humana

Blog de Moshe Pitchon -- dezembro 2015 Arquivo (4)

Para o judeu o desespero é um pecado

O capítulo quarenta e nove, o penúltimo capítulo do Livro do Gênesis, descreve a convocação dos filhos de Jacó ao lado da cama de seu pai para ouvir suas palavras de despedida.

Usando um discurso cheio de metáforas por vezes obscuras- às vezes falsamente consideradas como bênçãos - o patriarca transmite o que ele aprendeu da vida.

 

Um exemplo desta observação é o versículo 18

 

            "Eu espero na tua salvação, ó Senhor"

 

Jacob…

Continuar

Adicionado por Moshe Pitchon em 22 dezembro 2015 às 16:30 — Sem comentários

Não deixar a luz se apagar

"Nunca antes na história judaica", escreveu sobre Hanukkah o eminente filósofo judeu Emil Fackenheim, teve um feriado sido instituído por mãos humanas. Quando o próprio Judas Macabeu instituiu a festa de Hanukkah, seu ato foi uma "inovação sem precedentes."

 

Na verdade, acrescenta o professor da Universidade de Columbia Yosef Hayim Yerushalmi, podemos refletir sobre a audácia com que os rabinos fixaram a bênção de Hanukkah. "Bendito és Tu, Senhor, nosso Deus, ... que nos…

Continuar

Adicionado por Moshe Pitchon em 8 dezembro 2015 às 18:16 — Sem comentários

Não deixar a luz se apagar

"Nunca antes na história judaica", escreveu sobre Hanukkah o eminente filósofo judeu Emil Fackenheim, teve um feriado sido instituído por mãos humanas. Quando o próprio Judas Macabeu instituiu a festa de Hanukkah, seu ato foi uma "inovação sem precedentes."

 

Na verdade, acrescenta o professor da Universidade de Columbia Yosef Hayim Yerushalmi, podemos refletir sobre a audácia com que os rabinos fixaram a bênção de Hanukkah. "Bendito és Tu, Senhor, nosso Deus, ... que nos…

Continuar

Adicionado por Moshe Pitchon em 7 dezembro 2015 às 17:21 — Sem comentários

O poder dos sonhos mal concebidos

Porque os sonhos são apenas uma forma diferente de consciência do tipo que se tem quando se está dormindo ou sonhando acordado há uma sensação de que os sonhos são comunicações que se originam fora de nós.

 

É indiscutível que no Tanakh os sonhos são muitas vezes considerados uma ferramenta de comunicação divina. No entanto, o Tanakh também reconhece que há sonhos que são motivados pelo subconsciente do sonhador.

 

O Talmude, de fato, diz que um ser humano mostra…

Continuar

Adicionado por Moshe Pitchon em 3 dezembro 2015 às 17:55 — Sem comentários

© 2021   Criado por Jayme Fucs Bar.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço