JUDAISMO HUMANISTA

O Judaismo Humanista é a pratica da liberdade e dignidade humana

As Sete Maravilhas do Mundo - Jayme Fucs Bar
Às vezes, as nossas preocupações, os nossos medos e as nossas incertezas tomam conta do nosso interior e isso nos afoga em pensamentos, às vezes até nos afundamos na depressão.
Eu descobri um bom remédio, que me ajuda muito! No final da tarde, sempre quando posso aqui no Kibbutz Nachshon, observo o pôr do sol. Eu contemplo as montanhas de Jerusalém, as grandes árvores que existem em minha volta e, no final, agradeço ao Criador pela vida!
Procuro fazer esse ritual quase diariamente. Isso me ajuda muito a
recompor as energias e a olhar para a nossa realidade sob um prisma diferente, entendendo que tudo isso que estamos vivendo é nada mais do que uma passagem que nos oferece um grande aprendizado.
Isso me fez relembrar de um conto judaico que eu havia ouvido e
esquecido antes, mas que talvez eu tenha me lembrado para poder compartilhá-lo com vocês!
Um dia, um sábio judeu estava com seus alunos Mar da Galileia. Era
final de tarde e pequenos raios de sol caíam sobre as águas como se fossem pétalas douradas, a luz solar iluminava as grandes colinas de Golã e as gaivotas voavam sobre as águas, anunciando a chegada de um cardume.
O vento trazia o suave cheiro das flores silvestres.
Tudo era lindo e perfeito!
O coração do sábio judeu se encheu de amor, que o levou a se desconectar por alguns minutos do tempo. Quando a mente do sábio regressou, uma lágrima de felicidade escorria do seu rosto!
E ele agradeceu ao Criador por tanto esplendor!
O sábio judeu olhou em sua volta e percebeu que seus alunos estavam dispersos, sem ter a possibilidade de se conectar com aquele momento mágico. Por isso, ele chamou todos, para que se sentassem ao seu lado, então o sábio perguntou:
“O que seriam para vocês as Sete Maravilhas do Mundo?”.
Cada um pensava e dizia em voz alta uma das maravilhas do mundo material: Jerusalém! O Muro das Lamentações! As sinagogas de Safed! As pirâmides do Egito! A Grande Muralha da China! A Tumba dos Patriarcas! O Taj Mahal! A Tumba de David! A Torre Eiffel! A Estátua da Liberdade!
O sábio judeu ficou em silêncio e disse: “Olhem em sua volta e observem, em total silêncio, as Sete Maravilhas do Mundo”.
1. Vejam essa maravilha que o Criador nos deu!
2. Ouçam essas lindas gaivotas e o canto dos pássaros!
3. Toquem a terra em que vocês estão sentados com suas mãos!
4. Sintam o gosto doce dessas águas cristalinas!
5. Cheirem o perfume das flores silvestres!
6. Sorriam de felicidade, pois a vida é bela!
7. E amem ao próximo como a si mesmos!
O silêncio prevaleceu!
A grande sabedoria é que devemos apenas respirar, sorrir e observar as maravilhas que estão presentes em nossas vidas e que, muitas vezes, nos esquecemos de valorizar.
Shabat Shalom!!

Exibições: 60

© 2023   Criado por Jayme Fucs Bar.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço