JUDAISMO HUMANISTA

O Judaismo Humanista é a pratica da liberdade e dignidade humana

Estou em Belmonte fazendo alguns projetos turisticos ligado a hotelaria e herança judaica em Portugal.
Durante esses dias me encontrei com o casal Urbano que tem uns 84 anos e depois de uma boa conversa de negócios , antes de ir embora como costume brasileiro dei um beijo na dona Urbana.
No dia sequinte me encontrei por acaso com dona Urbana na rua e ela me disse: " Sr. Jayme Meu marido não gosta que homem nenhum me dê beijo, pois ele é muito ciumento, mas ele me disse que não sente ciumes do Sr pois sabe que o Sr. é um homem decente."
ri muito!!
Mas pensei que o sr Urbano tem razão!
Falamos o portugues mas vivemos em cultura e valores diferentes principalmente no interior de Portugal.
Me lembrei de um episódio em minha primeira viagem a Israel em 1977 estava no grupo do Tapuz Hashomer no Kibbutz Sarit e na primeira semana de Kibbutz teve uma discoteca e dancei com uma jovem israelense que no final da noite ela me disse " Laila Tov" (boa noite) e como de costume no Brasil dei a mão e fui dá um beijo no rosto dela, que se afastou de mim e me deu um tapa na cara falando algo que não entendi. Acho que provavelmente me chingou!
A minha madricha ( monitora) mas tarde me explicou que isso não se faz em Israel e o tapa na cara me fez entender que as culturas são diferente e beijo no rosto é entrar na intimidade das pessoas sem ser realmente convidado.
Dona Urbana apesar da idade me tentou dizer algo que fui entender no escritorio da advogada Anabela já assinando os documentos e no final o aperto de mãos, mas não sei porque talvez pelo resultado do acordo, me empolguei e falei para o sr Urbano com todo respeito de receber uma autorização!
" Sr Urbano me permite dá um abraço no Sr. e uma beijo na sua esposa?
Ela é como se fosse minha mãe!! "
Ele olhou para a advogada procurando uma aprovação que não veio e disse :
" O Sr Jayme aqui em minha terra não é de costume esse comportamento mas pelo Sr . ser extrangeiro pode sim dá um beijo na minha esposa ! mas basta um beijo e não dois!"
logicamente eu e a advogada rimos muito!!
Viver as culturas é sabe respeitar as diferenças que nem sempre o que é certo para você é certo para o outro.

Exibições: 50

© 2019   Criado por Jayme Fucs Bar.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço