JUDAISMO HUMANISTA

O Judaismo Humanista é a pratica da liberdade e dignidade humana

Tu Bishvat: a festa da natureza - Jayme Fucs Bar
Tu Bishvat é uma excelente oportunidade para refletir de forma mais profunda sobre a nossa vida, uma data em que devemos fazer um esforço intelectual, cognitivo e espiritual sobre tudo que nos cerca, coisas importantes com as quais, muitas vezes, já perdemos o sentido e a relação.
Esse é momento de parar para observar o esplendor da natureza e contemplar a perfeição de sua beleza, pensando em tudo que a natureza significa para nossas vidas.
Esse é o momento de fazer algumas perguntas sem realmente termos suas respostas, pois o ato de perguntar sobre a relação entre o homem e a natureza é uma prática pedagógica importante muito típico desta festa:
"Como cuidar desse esplendor que é a natureza?".
"Como fazer desse esplendor parte integral de nossa existência?”.
Há diversas formas de comemorar este dia tão especial em nosso calendário judaico, mas talvez a mais importante seja refletir sobre essa magnífica imensidão que é a natureza. Sem ela não somos nada! Sem ela não existe a vida! Esse é um forte motivo para celebrar a data de Tu Bishvat.
A Torah nos traz a sabedoria de relacionar a vida dos seres humanos à árvore, nos dizendo: "A Torah é uma árvore da vida para todos que a agarrarem”.
Existe um lindo conto no Talmud que nos ensina o seguinte:
Em um belo dia, um homem muito idoso estava plantando uma árvore. Um jovem passa e pergunta para ele:
"O que você está plantando?".
"Uma árvore de alfarroba", responde o velho homem.
"Ora, seu tolo," disse o jovem, "você não sabe que levam 70 anos para uma árvore de alfarrobas dar frutos?".
"Não há problema”, disse o velho homem, "assim como outros plantaram para mim, eu planto para as futuras gerações”.
Essa mensagem do Talmud é realmente linda!
Então, vamos nos responsabilizar e fazer algo para as futuras gerações?
Que tal plantarmos uma árvore em Tu Bishvat?

Exibições: 42

© 2022   Criado por Jayme Fucs Bar.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço