JUDAISMO HUMANISTA

O Judaismo Humanista é a pratica da liberdade e dignidade humana

O soar dos tambores

inspiravam a ação,

o entusiasmo era resultado

da consciencia de estar fazendo

o melhor, a partir da emoção,

de servir a nação,

ao grupo,

à familia.

Hoje, os hábitos nos traem

como uma armadilha.

A vontade se transformou em dever,

e os momentos recaem

todos sob o rangido dos motores.

Acelerados em busca de recompensa,

ou da própria futura satisfação,

Não percebe-se que

estão deixando para trás o ardor,

o amor,

a satisfação,

inspiração.

E a liberdade de agir com vontade. 

Exibições: 117

Comentar

Você precisa ser um membro de JUDAISMO HUMANISTA para adicionar comentários!

Entrar em JUDAISMO HUMANISTA

Comentário de Marcelo Cesar Dias em 12 junho 2013 às 19:52

Olá Cara Rodrigo,

Sim, agora entendi a teu poema. Nos de hoje, na busca desenfreada pelo supérfluo, na humanização da coisa e na coisificação do homem (parafraseando Marx),. Tuas palavras são mais que necessárias para serem ouvidas por todos nós! Muito obrigado por teu esclarecimento. Compreender os poetas sempre foi um problema para mim. ;)

Comentário de Rodrigo Baumworcel em 10 junho 2013 às 23:12
Caro Marcelo,
O poema não se relaciona com a vida de Russel mas sim com uma de suas obras. Mais especificamente o poema é inspirado no capítulo XI do livro "A Conquista da Liberdade". Chamei de re-construindo, pois esse poema é arbritariamente uma interpretação sob a minha ótica da obra de Bertrand Russel.
Nesse capítulo, Russel tenta re-avaliar a importância do entusiasmo na vida de uma pessoa, no contexto moderno, e as dificuldades impostas por um sistema onde as atividades não se pautam mais na vontade do ser humana, mas numa necessidade do capital "maquinicista".
Espero que tenha ajudado, se não ajudei, estou a disposição.
Comentário de Marcelo Cesar Dias em 8 junho 2013 às 23:15

Russell foi uma personalidade multifacetada, era matemático lógico e ativista político. Tive contato com as Principia Matemathica e o seu paradoxo no curso de lógica, além da história da filosofia. Todavia caro Rodrigo, poderias devido minha falta de sensibilidade para a poesia, relacionar o teu poema, com a vida de Russel? Penso que todos nós do grupo ganharíamos do ponto de vista humanista.

 

© 2019   Criado por Jayme Fucs Bar.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço