JUDAISMO HUMANISTA

O Judaismo Humanista é a pratica da liberdade e dignidade humana

Hanuká ou a renovação da luz Paulo Blank

Hanuká pode ter razões que as velas do candelabro desconhecem?
Quando sabemos o sentido espiritual dos rituais, ou seja, a sua fil...osofia, a tradição e sua espiritualidade podem se fundir para renovar a prática mecânica dos ritos? Educar-nos uma vez mais? Além de significar fundação a palavra HaNuKá remete a HiNuCH. Educação
Hanuká: a narrativa sobre um pequeno recipiente criado por um oleiro anônimo que preservou o azeite durante anos, e possibilitou o milagre da multiplicação da luz, também rememora a ação dos hebreus que resistiram ao poderio helenista. Ação humana que, ao descobrir no templo abandonado de Jerusalèm uma antiga vasilha de óleo, possibilitou o milagre da multiplicação da luz que brlhou mais tempo do que seria de se esperar.
Segundo a tradição, o candelabro que acendemos na festa de Hanuká deve ser colocado na janela para que a luz ultrapasse a intimidade familiar e anuncie aos passantes que, mais uma vez, é hora de celebrar o milagre de reinventar o novo.
“Hanuká Ba hanuká”, diz uma canção hebraica. Hanuká dentro de Hanuká. Renovar dentro da fundação. É o que de melhor podemos desejar a todos nós, mesmo sabendo que, no final da festa, as velas se apagarão. Uma vez mais.

Exibições: 69

Comentar

Você precisa ser um membro de JUDAISMO HUMANISTA para adicionar comentários!

Entrar em JUDAISMO HUMANISTA

© 2019   Criado por Jayme Fucs Bar.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço