JUDAISMO HUMANISTA

O Judaismo Humanista é a pratica da liberdade e dignidade humana

A Flotilha de gaza – uma visão Shomrica

Senhores, o texto abaixo sobre a flotilha de gaza foi divulgado ontem pela internet e já teve uma repercussão incrível. É a visão do Shomer de SP sobre os recentes acontecimentos. Por favor sintam-se livres para divulgar!

A Flotilha de gaza – uma visão Shomrica

Nós, judeus, jovens do Hashomer Hatzair, um movimento juvenil judaico humanista, representantes da esquerda judaica sionista-socialista, vemos como essencial nosso posicionamento quanto à recente crise política envolvendo Israel e a flotilha que se dirigia a Gaza.

Com convicção acreditamos que nenhuma questão política deve ser simplificada em uma dicotomia que não condiz com a realidade. Como um movimento que desde o início do século passado luta pela legítima existência de um Estado para os judeus, vemos com muita preocupação a atitude do Governo Israeli liderado pela direita nacionalista ante a incitação islâmica turca, encabeçada pelo navio Marmara, que formou parte da chamada flotilha humanitária.

O Pirkei Avot (A Ética dos Pais, uma fonte do judaísmo) nos ensina que a paz só é alcançada por intermédio da justiça, e por isso entendemos que o caminho para o fim do conflito entre o povo de Israel e o povo palestino é a solução de DOIS ESTADOS PARA DOIS POVOS, ou seja, a criação do Estado Palestino. Toda ação que age contra esta visão, age contra o futuro do Povo Judeu, o Estado de Israel e também contra os palestinos, seja em Gaza ou no mundo inteiro. Porém, essa solução só será atingida se o processo de paz e de diálogo progredir, e infelizmente a cada dia que passa o atual governo de Israel e os atuais representantes do povo palestino só sabotam e destroem esse processo.

Reiteramos que para nós não se trata de estar do lado ou contra Israel, pois apesar do mundo pensar o contrário, existe sim uma oposição de esquerda israelense disposta a construir a paz. Trata-se de se opor à linha política que a atual coalizão segue e apoiar os segmentos progressistas tanto israelenses quanto palestinos.

Pelo fato de não se saber ao certo detalhes do que havia na flotilha, qual era sua real intenção e o que realmente aconteceu entre os ativistas e os soldados, nos isentamos de julgar a questão em si, mas não abdicamos de julgar o fato consequente, que foi a morte de vários ativistas. Consideramos que o imbróglio poderia e deveria ser resolvido de outra maneira e repudiamos qualquer solução de caráter violento. Essa resolução, além de atentar contra qualquer sentimento humanista, atenta gravemente contra o processo de paz.

Com a integridade de uma visão e opinião completamente independente, esclarecemos nossa oposição ferrenha ao grupo golpista Hamas, um coletivo reacionário e fundamentalista que não responde aos verdadeiros interesses do povo palestino; assim como afirmamos nossa também oposição à coalizão (eleita de forma democrática) liderada por Netanyahu e Liberman, ao Bloqueio em Gaza e à política de construção e incentivo aos assentamentos em Jerusalém Oriental e na Cisjordânia. Chamamos ambos os povos a se sobrepor a seus governos em favor de uma ação pacificadora.

O Estado de Israel é legítimo. O Sionismo, como movimento de autodeterminação nacional judaica, ao ser compreendido por nós como um valor universal, legitima também a criação de um Estado Palestino.

Em busca de justiça e paz, gritamos: DOIS ESTADOS PARA DOIS POVOS!


Hashomer Hatzair Brasil São Paulo


Abs

Pedro

Exibições: 39

Comentar

Você precisa ser um membro de JUDAISMO HUMANISTA para adicionar comentários!

Entrar em JUDAISMO HUMANISTA

Comentário de Valesca Rangel em 27 junho 2010 às 19:39
Nunca li tanta besteira junta, Dois Estados para dois povos? E quem disse que eles querem isso! Eles pregam a destruicao de Israel! Ativistas mortos? Foram 9 terroristas mortos! Nossa, é muita falta de informacao! Grupo juvenil, por que vcs nao vao passar um tempinho em Israel para depois escreverem seu "essencial" posicionamento que nao interessa para ninguem? Vcs chamam ambos os povos a se sobrepor? Quem disse que o povo de lá tem escolha? Eu moro em um país onde pago 45% de imposto e grande parte desse dinheiro é para abrigamos palestinos - se pudesse pagaria 90% para tirar o máximo de civis das maos dos terroristas que usam pessoas e criancas como escudos. Se vc perguntar a eles de que eles fogem ou de que têm medo, a resposta (para engano seu) nao é Israel, e sim do terrorismo e da opressao. Entao, me desculpe Pedro, vc nao sabe de nada! O POVO DA PALESTINA TÊM PÂNICO DO SEU "GOVERNO" TERRORISTA! "O Hamas é um grupo cuja constituição prega a destruição de Israel. O Irã apoia o Hamas e o Hizbollah não apenas politicamente, mas militarmente.
O presidente iraniano não passa praticamente um dia sem pregar a eliminação de Israel. Essa é a natureza de nossos inimigos. Por isso, temos que nos defender." (Asa Kasher). Morando em SP é fácil falar besteira!

© 2019   Criado por Jayme Fucs Bar.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço