JUDAISMO HUMANISTA

O Judaismo Humanista é a pratica da liberdade e dignidade humana

A oração oculta de Belmonte Jayme Fucs Bar

Como é de costume sempre que venho a Belmonte vou a sinagoga no shabat as pessoas da comunidade são aqui muito fechadas e desconfiadas de cada um que entra por suas portas, mas devido a minha frequência as pessoas me conhecem e me recebem com um aperto de mão e uma frase de "Shabat Shalom." Eu não sou uma pessoa que frenquenta rituais de sinagogas ortodoxa, mas nesse lugar sempre me sinto muito a vontade e logo me sento no meu cantinho preferido e de imediato alguém me trás um talit e um sidur e eu agradeço e observo que no ritual não tem um rabino e as pessoas se revezam na leitura. Somos um pequeno grupo de 16 homens e 2 meninos de 11 e 8 anos que se movimentam por todos os cantos da sinagoga recitando os cantigos do ritual que conhecem, parece que Deus os enviou a esse lugar para trazer mais alegria ao Shabat. Estou sentado em frente ao aron Hakodesh e observo que em cima tem uma menorah e seus 7 candelabros são como raizes de uma grande árvore protegida por 2 grandes leões ferozes e a cima de tudo uma coroa dourada ,as janelas estão abertas e do lado de forá se vê a exuberância da beleza da serra da estrela. O ritual está quase terminando e eu a espera do que sempre me emociona a vir nesse lugar a sua ultima tefila (reza) que é para mim a mais significativa de todas oração, pois é aquela que vem do coração cantada em português e que manteve a chama viva do judeus de Belmonte e foi guardada em segredo e escondida durante 500 anos. "Esse é o nosso Deus esse é o nosso rei esse é o nosso verdadeiro salvador" Como são forte e significativa as palavras que nos revela o verdadeiro sentido desse lugar e dessa corajosa gente. Shavua Tov !

Exibições: 127

Comentar

Você precisa ser um membro de JUDAISMO HUMANISTA para adicionar comentários!

Entrar em JUDAISMO HUMANISTA

© 2019   Criado por Jayme Fucs Bar.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço