JUDAISMO HUMANISTA

O Judaismo Humanista é a pratica da liberdade e dignidade humana

Alef Bet – Curtinhas 1 Escrito por Yair Mau da Conexão Israel

Em hebraico, “antes” se diz “à frente” (lifnei =לפני) e “depois” se diz “atrás” (acharei = אחרי). Será que no passado distante os primeiros falantes do hebraico imaginavam assim a passagem do tempo? Provavelmente… Aliás, hoje em dia temos o Norte como direção de referência, mas segundo o hebraico, antigamente o Leste era a referência. Uma palavra para oriente é “para frente” (kadima = קדימה), conforme aparece no hino israelense. Sul se dizia Teyman, que é derivado de direita (yamin = ימין), e hoje significa Yemen. O Mar Mediterrâneo é chamado de “mar de trás” em Deuteronômio 11:24 (hayam haachori = הים האחורי). Esta forma de localização espacial também aparece na língua portuguesa: quando alguém está perdido, dizemos que está “desorientado”, perdeu o oriente.

Route_ninety

Em hebraico existe uma expressão única, que é usada quando alguém compra ou ganha algo novo. Diz-se à quem ganhou: “renove-se” (תתחדש = titchadesh). A expressão pode ser usada para todo tipo de bem material, desde algo pequeno como uma camiseta, até algo grande como um carro ou apartamento. É como dizer um “parabéns” por estarmos felizes com a novidade material de outra pessoa.

Falando em parabéns, em hebraico a expressão é mazal tov (מזל טוב), que literalmente significa boa sorte. Como se diz boa sorte então? Behatzlacha (בהצלחה), que significa “com sucesso”. Em hebraico ninguém precisa de sorte antes de uma prova, apenas de sucesso. E se dá tudo certo, então sim a pessoa recebe boa sorte!

Em hebraico não se toma uma decisão. Decisões se recebem (lekabel hachlata = לקבל החלטה). Se recebe de quem?? Isso já é uma discussão filosófica, senão teológica. Resfriados também “se recebem” (השפן קיבל נזלת). Recebi um resfriado. Isso pelo menos é mais lógico que em português, porque você não precisa querer algo para recebê-lo (uma multa, por exemplo), mas não é muito óbvio por que alguém queira “pegar” um resfriado.

שפן

Quando um pai oferece água para seu filho, ele não diz “você quer beber água”, nem “você quer água”. A frase mais comum mesmo é “você quer beber?”. Cada vez que estou na rua e escuto isso, leva um tempo pro choque inical passar.

A palavra mais versátil da língua hebraica é “isto” (ze = זה). Sempre que você não encontra a palavra certa no fim de uma frase, pode-se dizer “isto”, e as pessoas balançam a cabeça como se tivessem entendido. “Eu fui à festa com o João, Maria e… e isto”. “Na faculdade estudei economia, sociologia e… isto”. Lembra um pouco o “trem” mineiro.

זהו זה “Mesmo que” em hebraico é “afilu im” (אפילו אם). Afilu é uma junção de duas palavras: Af (também) e ilu (se). Ilu por sua vez, é uma junção de im (se) e lu (se). No final das contas, quando se diz “mesmo que” , se está dizendo na verdade “também se se se”. Exemplos assim são comuns em várias línguas. Por exemplo, “hoje” em francês se diz aujourd’hui, que é uma junção de au +‎ jour +‎ de +‎ hui, literalmente “no dia de este dia”. O francês que disser “no dia de hoje” (au jour d’aujourd’hui), está na verdade dizendo “no dia do dia deste dia”.

Expressões com origem nas partes do corpo humano: “por causa de” se diz “da face” (mipnei = מפני), “ao lado” se diz “sobre a mão” (al yad = על יד), “na ocasião de” se diz “à perna” (leregel = לרגל), “anteriormente” se diz “da cabeça” (merosh = מראש), “de toda forma” se diz “sobre toda face” (al kol panim = על כל פנים), “vivo” se diz “alma em seu nariz” (neshama beapo = נשמה באפו), “escrito preto no branco” se diz “escrito preto nas costas do branco” (katuv shachor al gabei lavan = כתוב שחור על גבי לבן), “unanimamente” se diz “uma boca” (pe echad = פה אחד), “em sua imaginação” se diz “nos olhos de seu espírito” (beeinei rucho = בעיני רוחו), uma coisa “falsa, inventada” se diz “chupado do dedo” (matzutz min haetzba = מצוץ מן האצבע), “escapar a duras custas” se diz “escapar com a pele de seus dentes” (lehimalet beor shenav = להימלט בעור שניו), “estou de saco cheio” se diz “meu pinto quebrou” (nishbar li hazain = נשבר לי הזין). Mulheres podem dizê-lo, tanto em português como em hebraico.

זין


As imagens não tem explicação mesmo, ficam de desafio para os leitores descobrirem o que significam.

Foto de capa: Flickr

http://www.conexaoisrael.org/alef-bet-curtinhas-1/2013-10-07/yairmau

Exibições: 134

Comentar

Você precisa ser um membro de JUDAISMO HUMANISTA para adicionar comentários!

Entrar em JUDAISMO HUMANISTA

© 2019   Criado por Jayme Fucs Bar.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço