JUDAISMO HUMANISTA

O Judaismo Humanista é a pratica da liberdade e dignidade humana

Que tal plantarmos uma árvore em Tu Bishvat! Jayme Fucs Bar

Tu Bishvat é uma excelente oportunidade para refletir de forma mais profunda sobre a nossa vida. Devemos fazer, nesse dia, um esforço intelectual, cognitivo e espiritual acerca de tudo o que nos cerca, porque, muitas vezes, já perdemos o sentido e a relação com a natuteza.
Esse é o momento de parar para observar as plantas, a fauna, as árvores, as montanhas, os rios e os mares, para fazer algumas perguntas sem realmente termos as respostas, pois o ato de indagar a respeito de nós mesmos e a Natureza é uma prática pedagógica importante desta festa.
"Como cuidar desse esplendor que é a natureza?"
"Como fazer desse esplendor parte integral de nossa existência?"
Há diversas formas de comemorar este dia tão especial em nosso calendário. Talvez, a mais importante seja refletir acerca dessa magnífica imensidão que é a Natureza, pois não somos nada sem ela! Sem ela, não existe a vida! Esse é um forte motivo para celebrar a data de Tu Bishvat.
A Torá nos traz a sabedoria de relacionar a vida dos seres humanos à árvore ao nos dizer: "A Torá é uma árvore da vida para todos que a agarrarem."
Tu Bishvat nos desperta para pensarmos sobre esse paradigma que é viver em um mundo de maravilhas tecnológicas, embora caminhemos para a destruição do nosso próprio habitat. Somos realmente seres sábios, mas ainda muito primitivos na forma como nos relacionamos um com o "outro", em especial se o "outro" é a Natureza.
Em Tu Bishvat se comemora o aniversário das árvores! e nos ajuda a entender que não estamos acima da Natureza e que devemos agradecer com humildade ao Criador pelo direito a esse grande esplendor que é a vida.
Tu Bishvat nos faz despertar para a sabedoria de preservar a natureza, do ato de plantar árvores, é uma especial mitzva que você faz para si em nome de todos e de tudo que existe.
Existe um lindo conto no Talmude que nos ensina:
Um dia um homem muito idoso está plantando uma árvore. Um jovem passa e pergunta para ele, "O que você está plantando?" "Uma árvore de alfarroba", responde o velho homem.
"Ora seu tolo", diz o jovem. "Você não sabe que demora setenta anos para uma árvore de alfarrobas dar frutos?"
"Não há problema", responde o velho homem. "Assim como outros plantaram para mim, eu planto para as futuras gerações."
Realmente linda essa mensagem do Talmude!
Então! Vamos nos responsabilizar e fazer algo para as futuras gerações? Que tal plantarmos uma árvore em Tu Bishvat!

Exibições: 47

Comentar

Você precisa ser um membro de JUDAISMO HUMANISTA para adicionar comentários!

Entrar em JUDAISMO HUMANISTA

© 2018   Criado por Jayme Fucs Bar.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço