JUDAISMO HUMANISTA

O Judaismo Humanista é a pratica da liberdade e dignidade humana

SHABAT B’MIDBAR - Na região selvagem   Números - 1: 1 a 4: 20

“No primeiro dia do segundo mês, no segundo ano após o êxodo da terra do Egito, o Eterno falou a Moisés no deserto do Sinai, na Tenda do Encontro, dizendo: "Faça um censo de todo o Israelita companhia ... "- Números 1: 1-2

RESUMO DA TORÁ:

  • Deus ordena a Moisés que faça um censo de todos os homens israelitas acima dos vinte anos. (1: 1-46)
  • Os deveres dos levitas, que não estão incluídos no censo, são detalhados. (1: 47-51)
  • Cada tribo é designada para lugares específicos no acampamento ao redor do Tabernáculo. (1: 52-2: 34)
  • Os filhos de Levi são contados e suas responsabilidades são estabelecidas. (3: 1-3: 39)
  • Um censo dos primogênitos é tomado e um imposto especial de resgate é cobrado sobre eles. (3: 40-51)
  • Deus instrui Moisés e Arão quanto às responsabilidades de Arão e seus filhos, e os deveres atribuídos aos coatitas. (4: 1-20)

 

 

APLICAÇÃO DO CONTEXTO – No Deserto

 

O Livro dos Números - em hebraico, B'midbar , "No Deserto" - parece começar com uma grande promessa. Nosso cenário é o deserto do Sinai. Evoca um amplo universalismo e profunda espiritualidade. Como lemos no Midrash ( B'midbar Rabbah 1: 7 ), assim como o deserto é livre para todos, assim também é a Torá; e somente aqueles que se abrem como um deserto podem acessar sua sabedoria.

A Contagem, o senso, os números nos chama a atenção para sermos parte de algo maior que nós mesmos. Introduz-nos as tensões que permearão este livro da Torá: entre indivíduo e comunidade, Deus e humanidade, jornada e destino. Acima de tudo, pede-nos para nos levantarmos e sermos contados.

 

Comentários by Avraham Bar–Zohar (Altamiro Paiva).

Exibições: 12

Comentar

Você precisa ser um membro de JUDAISMO HUMANISTA para adicionar comentários!

Entrar em JUDAISMO HUMANISTA

© 2019   Criado por Jayme Fucs Bar.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço