JUDAISMO HUMANISTA

O Judaismo Humanista é a pratica da liberdade e dignidade humana

É difícil a caminhada, o nosso povo mesmo tendo experimentado a libertação, a sua mente estava em Mitsarim, no Egito, escravos da Matrix. Os nossos antepassados sofreram, mais firmes permaneceram, e originaram os anussim que lutam para o retorno.

Nessa caminhada, há dissabores, sofrimentos, lágrimas e dor, mas enfim tornamo-nos livres e aprendemos, que não há ninguém além dele, o Criador, por isso a Ele louvamos, e o reverenciamos. Mas a caminhada é complicada, e no sofrimento algumas vezes sucumbimos. Vez e outra, resolvermos voltar e nos tornamos novamente escravos da Matrix.

Voltar a Matrix, é entender que haja outro Salvador além de Adonai, é retrocesso na caminhada, é ceder aos caprichos da idolatria, e enfim voltar a escravidão. Sei que precisamos tomar uma posição, é muito complicada, mais o importante é não ceder, e como diz o poeta roqueiro, meu filho Neil Paiva, numa de suas músicas: DESISTIR JAMAIS! Shabat Shalom!

Moré Altamiro Paiva (Avraham Bar-Zohar).

 

Exibições: 64

Comentar

Você precisa ser um membro de JUDAISMO HUMANISTA para adicionar comentários!

Entrar em JUDAISMO HUMANISTA

© 2020   Criado por Jayme Fucs Bar.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço