JUDAISMO HUMANISTA

O Judaismo Humanista é a pratica da liberdade e dignidade humana

Cerimonia de Havdalá do Judaismo Humanista - Com a Escola Eliezer - Max em Jerusalem Jayme Fucs Bar

 

    
1. Drasha (comentários) sobre  os Essênios e sua relação sobre a idéia do conceito "Havdala".
"Conta-se que o antigo grupo de hebreus os essênios, se consideravam os Bnei Haor "filhos da Luz " viviam em comunidades retiradas de qualquer influencia estranha aos seus valores judaico, suas comunidades se chamavam Yachad -"juntos" eram um grupo muito especial em sua época , pois viviam num sistema comunal , onde havia uma grande solidariedade e ajuda mutual entre todos os membros. Eram um grupo altamente espiritualizados, procuravam através dos 5 elementos vitais da Natureza a Luz, a Água, o Fogo, a terra e o ar o segredo para se aproximar do Criador. Um desses exemplos era a sua peculiar forma de receber e comemorar o shabat, onde se reuniam toda da comunidade para receber as primeiras luzes das estrelas, , realizavam uma refeição especial , e depois sob a luz de velas passavam a noite se dedicado para estudar e discutir sobre os mistérios da Torah . Pela manha ainda bem cedo acordavam para receber as primeiros raios de Luz desse novo dia, e ao entardecer todos os membros da comunidade "BeYachad" juntos se encontravam para observando o céu a procura das primeiras estrelas para se despedir do Shabat . Os Essênios através da luz das estrelas agradeciam ao criador por esse dia sagrado que separava as suas vidas entre O Espiritual e o Material .Os Essênios acreditavam que neste especial momento de Havdala entre a luz do dia e luz da noite, poderiam ajuda-los a entender o segredo da vida e os aproximando do explendor do Criador .


 2.  Mestre da cerimônia convida os alunos do Eliezer para  sair para um lugar aberto, e procurar as primeiras estrelas que brilham no céu. E declara . "O Fim do Shabat se aproxima, em sua partida, não podemos deixá-lo sair despercebido. Sua retirada também devera ser anunciada por todos . Procuremos a luz das estrelas que esta brilhando no céu , e agradecemos a esse especial momento de podermos estarmos juntos, aqui reunidos em comunidade, entre amigos se confraternizando com esse especial momento que é a Havdala ."


3.Mestre da cerimônia convida  um aluno  para fazer a Bracha a bênção tradicional. (Ele erque um calice de  suco de frutas, e pronuncia:
" Baruch, hamavdil ben côdesh lechol" - ("Bendito é Ele que separa entre o sagrado e o comum.") Amem E todos repetem : "Baruch, hamavdil ben côdesh lechol" ("Bendito é Ele que separa entre o sagrado e o comum.") Amem


4.Mestre da cerimônia convida uma aluna  segunda Bracha (bênção) em Português: Ela ergue um cálice de  suco de frutas,e pronuncia:
"Desejando a todos uma nova semana de Paz, tranqüilidade, saúde e Sucesso na realização de nossos compromissos e obrigações, que tenhamos a sabedoria para saber separar no nosso dia a dia do que seja sagrado ao profano." Amem


5.O Mestre Convida 2 alunos e professora  para acender em conjunto e fazer a Bracha  das velas


"Faremos uma bênção da Luz. Luz tão importante em nossas vidas .

Que com Luz seja iluminado os nossos atos

Que com Luz realizaremos atos de bondade e calor humano.

Que com Luz possamos proporcionar a alguém esperanças " Amem

 


7- O Mestre da Cerimonia Pega o cálice com o vinho na mão esquerda e, na direita, segura-se a caixa contendo cheio de fragrâncias : Lavanda, Rosa e Rosemary recitando a seguinte Bracha bênção: 
"Baruch Atá borê haolam, borê minê bessamim." Amen "Bendito és Tu, Criador do Universo, que cria diversos tipos de especiarias aromáticas. " Amen


8-O Mestre da Cerimonia convida um aluno e uma aluna  para ler em conjunto uma( Bracha) bênção :


"Nesta nova semana vamos Procurar ter mais sensibilidade para observar e sentir os contrastes da natureza como: A Luz , A escuridão, A Água , O fogo, A Terra e O Ar."

" "Nesta nova semana Vamos procurar fazer o Bem preservando e produzindo coisas para o mundo, se afastando do ódio, da destruição, dos conflitos , das violência e das ganancias."

Nesta nova semana Vamos Procurar a ser mais justo com a natureza ser mais paciente com a família, mais pacifico com o outro, mais solidário com o diferente, mais tolerante no trabalho, mais carinhoso com com o colega"

" Nesta nova semana Vamos ser corajosos para rejeitar as opressões, e as guerras no mundo, Exigir a Paz em Israel , defender que todos no Brasil tenha o direito a educação ,saúde, liberdade e a dignidade humana."


 9-  O Mestre da cerimonia passa para todos a cheirar as especiarias, e cada um no ato de cheirar declara ao outro ao seu lado "Shavua Tov"


 11- O mestre da Cerimonia finaliza a Havdala com essas palavras.


"Saldamos a todos os seres Humanos que sejam capazes de distinguir , entre justiça e miséria , entre a Paz e Guerra, entre liberdade e autoritarismo, entre educação e ignorância, entre solidariedade e violência, entre esperança e conformismo, entre Amor e ódio Entre Sagrado e Profano.


Desejamos a todos Shavua Tov!

 

Exibições: 602

Comentar

Você precisa ser um membro de JUDAISMO HUMANISTA para adicionar comentários!

Entrar em JUDAISMO HUMANISTA

Comentário de Thelma Lucia Pinto Polon em 10 maio 2014 às 6:22

Prezado Jayme Fucs,

Saiba que foi uma honra e um prazer ter te conhecido pessoalmente, pois já o conhecia através de suas ideias divulgadas em seu blog, bem como ter vivido essa Havdalá conduzida por você! Muito obrigada por todo acolhimento e generosidade que marcou a sua atuação junto ao grupo de alunos e profissionais Eliezer Max nesses dias em Israel.  Shabat Shalom.

Thelma Polon

Comentário de Paulo Blank em 9 maio 2014 às 23:58

Olá Mestre de Cerimonia, muito bonito. Tomara q ao voltarem possam continuar nesta nova tradição que estamos criando. Ritual liderado por um mestre e não um rabino. É muito mais difícil e modesto se apresentar como mestre de cerimonia do que a sem cerimonia de se apresentar rabino.

.Quanto a primeira benção. Baruch Hamavdil, tomando o hebraico na sua origem temos: bendito seja aquele que distingui entre o dia santificado  e o dia comum" Ou seja, o mestre da cerimonia,  e todo aquele que sabe distinguir as diferentes importâncias dos dias de nossas vidas, devem ser benditos.  

.Shabat shalom.

Comentário de Cris em 9 maio 2014 às 19:33

Shavua Tov

© 2019   Criado por Jayme Fucs Bar.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço