JUDAISMO HUMANISTA

O Judaismo Humanista é a pratica da liberdade e dignidade humana

Boa noite...caros chaverim!


Algum tempo atrás, enviei um email ao Jayme falando sobre minha situação.
Resumindo fui criado na fé cristã (católica), mas sempre questionei muitas e muitas coisas.
Desde que comecei a ler sobre religiões (gosto muito de ler sobre religiões e seitas) e dai sobre o judaismo senti uma coisa que me atraiu e desde então estou na caminhada (2003).
Resumindo mais ainda, hoje sei e não tenho nenhuma dúvida sobre minha decisão de ser judeu.
Só vivo um dilema pois quero me converter e infelizmente na cidade onde moro apesar de ter uma quantidade considerável de habitantes (São José dos Campos - SP) mais de 600mil hab. não conheço e aé onde sei não existe uma comunidade judaica.
O mais próximo que cheguei foi de um judeu, que me parece ele reúne umas pessoas em sua casa, tentei uma aproximação, tirar algumas dúvidas e não obtive resultados positivos.

Gostaria de todo meu coração, que vocês pudessem me ajudar; dicas, onde devo ir, com quem posso conversar e etc.

Só finalizando, depois de certo tempo nessa caminhada comecei a me perguntar porque nunca me "encaixei" na religião dos meus pais.
E como acredito que nada é por acaso, uns dois meses atrás dando uma olhada na livraria Sêfer na seção de DVD, vi um documentário chamado: "A Estrela Oculta do Sertão"; no qual o assunto gira em torno dos descendentes de cristãos novos (marranos).
Como tenho uma parte da ascendência portuguesa, comecei a perguntar a minha mãe sobre alguns costumes de meus avós, meus antepassados e descobri que muitos costumes batiam com o que vi no documentário sendo esses costumes judaicos. Naquele momento que acabei de assistir este documentário senti como uma avalanche de "verdades do passado" e me perguntei, será que é por isso que tenho essa chama judaica interior? Hoje acredito nisso e essa postagem mais para um desabafo digamos assim, pode ajudar outras pessoas com um passado oculto judaico.

É isso, desculpem se escrevi muito, por diversas vezes procurei o Jayme, mas senti que deveria expor esse sentimento na comunidade até porque acredito que ela está aqui para isso também.


Fico por aqui então.

Muito obrigado a todos!



Shalom!


Exibições: 8764

Responder esta

Respostas a este tópico

Querido Igor,
Para vc entrar em um processo de conversao existe algumas sinagogas em SP que realizao esse processo, CIP (conservadora), Shalom ( reformista), Bei Lubavith ( ortodoxa), Beit Yakov ( orotodoxa sefaradita) e outras.
Cada um tem seu processo diferente e longo, vale vc entrar em contato com elas e marcar uma entrevista.
Pessoalmente acredito que judaismo ou melhor ser judeu eh uma questao de identidade e nao tem nada a ver com hereditario sanguinio." filhos de Mae Judia eh Judeu"
Eu sou judeu , porque fui criado numa comunidade judaica, estudei num colegio judaico, realizei o ciclo de vida judaico, fui de um movimento juvenil judaico, frequentei um clube Judaico e fui em minha adolecencia 3 vezes para Israel , aprendi Hebraico,estudei sobre a historia e a filosofia judaica.Tudo isso me fez adguirir a minha identidade Judaica e ser judeu.
Apesar de ser filho de mae Judia , me considero judeu porque minha mae me deu a oportunidade de eu ter educacao judaica e nao porque nasci filho de Mae judia.
Conheco muita gente no Brasil que sao Filhos de Mae Judia, porem foram criado no meio de uma comunidade crista, com valores cristoes, e costume cristoes e eles hoje nao tem nemhuma identidade judaica e sim sao brasileiros de identidades cristas.
O Mais Importante neste momento eh vc comecar a estudar bastante sobre judaismo, nao somente sobre o costume e a religiao mais tambem a historia do povo judeu a antiga e moderna, sua cultura , sua filosofia, seu sabios profetas antigos e atuais ,estudar sobre Israel Hoje com seu dilemas e conflitos,estudar sobre os variados costumes e tradicoes das comunidades e correntes do judaismo . Tenho certeza que Estudar e uma das formas de adguir identidade e tenho certeza que ajudara vc bastante no seu processo de conversao interior, a conversao interior eh vc se definir dentro de si com mesmo como fez a conversao de Ruth um moabita. Eu acredito na conversao de Ruth nao que eh a verdadeira fonte da conversao do judaismo dentro das fontes , mais essa eh e na minha opiniao que deve ser definido conversao e se tornar um ser humano de identidade Judaica.
A conversao no Judaismo ( veja na fonte da Torah no livro de Ruth) Se define JUDEU dentro de si mesma dentro da natureza dual , na minha opiniao a pura e profunda forma de conversao no judaismo, foi o ato da conversao de Ruth onde o primeiro elemento da conversao é a sua IDENTIFICACAO com o povo judeu e seu destino "TEU POVO SERA MEU POVO" . O segundo elemento é a IDENTIFICACAO com o pacto entre Israel e o conceito do UNICO " TEU D`US SERA MEU D`US"

Entender a profundidade no nosso interior esses 2 elementos nos torna Judeus como fez Ruth, sem ter necessidade de Rabinos ou Sinagogas, sem ter a necessidade de um judaismo de dogmas criados por homens que as vezes pensam e acreditam e se comportam como D`uses.

Shabat Shalom
Jayme


Igor Neves Honório disse:
Bom dia caros colegas,

Bom gostaria de dar um feedback quando as contatos que fiz e que até agora, somente semana passada a CIP, havia enviado um questionário para ser analisado pelo rabino.

Quando as outras sinagogas, nenhuma me retornou uma resposta!

Mas vamos seguir em frente!



Forte abraço à todos!
Olá Igor eu estou na mesma situação, moro em Barra Mansa e tbm não tem nenhuma comunidade por aqui, peço que me envie por gentileza os endereços que você obteve sucesso e o Feedback, quem sabe não podemos iniciar os estudos juntos?
Grato pela Atenção.

Olá Igor, eu entrei em contato a CIP também e eles me informaram que não ministram curso a distância, que eu deveria procurar uma comunidade no Rio de Janeiro que tivesse esse curso.

 

Encontrei também um site de curso de judaismo preenchi uma ficha para ser avaliada, assim que tiver algum retorno te comunico, se quiser o  link desta ficha me mande um e-mail, que retorno com o link.

 

Um grande abraço e bom 2011

 

Shabat Shalon

 

Rafael Augusto

Igor Neves Honório disse:

Anote meu email ( igaohc@hotmail.com ) e poderemos conversar.

O que já posso te adiantar, desde quando criei esse tópico praticamente não dei passos significativos.
O mais que consegui foi que a CIP me mandou um formulário para fazer o curso de Judaismo. Respondi o formulário, semanas depois eles entraram em contato, para eu ligar para lá (isso depois de perguntar se eles tinhama lguma resposta) nisso minha noiva entrou em contato e lá disseram que a turma do curso de judaismo estava encerrada. E era pra entrar em contato no meio do ano que vem!

Qualquer dúvida me mande email (entre contato no MSN se tiver)!


Forte abraço!  

Rafael Augusto disse:


Igor Neves Honório disse:
Bom dia caros colegas,

Bom gostaria de dar um feedback quando as contatos que fiz e que até agora, somente semana passada a CIP, havia enviado um questionário para ser analisado pelo rabino.

Quando as outras sinagogas, nenhuma me retornou uma resposta!

Mas vamos seguir em frente!



Forte abraço à todos!
Olá Igor eu estou na mesma situação, moro em Barra Mansa e tbm não tem nenhuma comunidade por aqui, peço que me envie por gentileza os endereços que você obteve sucesso e o Feedback, quem sabe não podemos iniciar os estudos juntos?
Grato pela Atenção.

hola noel(noah ben israel)-eu sei que è dificl,mas ser israeli(judeu),nao è apenas ser afiliado a alguma sinagoga-ou ir aos sabados,acender as velas,e observar as festas em si-que deve ser feito, estar em uma comunidade-mas è mais alem,è estar junto de medinah israel, no bem e no mal, no conflito,e  na defesa de israel,influenciando aos dirigentes ,em especial ,do brasil,a nao por uma embaixada de um pais que ao existe,e nunca pode existir(palestina)-que sò os limites da terra de israel,sao para o povo judeu, e entender que ,pode somar e nao dividir-com o povo eleito a ser sacerdòcio santo-a abençoar a pròpria terra,e tambem a pròpria humanidade (goym) que sofre-com a sua participaçao de trazer a tecnologia e o humanismo judeu a toda terra-as descobertas pelos judeus, pelo bem do mundo-ser  Or (luz para as naçoes-ai,sim, estaremos preparando a vinda do Ungido-para estabelecer a paz real,que atè agora nao temos-e o esse de guerras,e fome,por todo o mundo-NAO DEVEMOS ESPERAR QUE A NAÇAO FAÇA ALGUMA COISA POR NÒS,MAS DEVEMOS FAZER ALGO PELA NAÇAO-atè ajudar a K.K.L.,obtendo uma arvore pra replantio,em neste caso, ao incendio de carmel-

isso,è dar, e nao querer receber-(um exemplo),ou ajudar as crianças que passam necessidade em israel-,tambem,

ajudar desinteressadamente,ocultamente,creio que começa por ai,TAMBEM ,apoiar o estado de israel,mesmo quando,parece que o governo esta equivocado, ou processam ao presidente corrupto-isso nao mudarà minha opiniao-ou quando dizem que israel oprime aos extrangeiros(palestinos),ou alguma minoria-e,que devemos fazer?assumir-uma postura-saber o que acontece na verdade,e por a luz tudo,isso eu entendo ,è aonde começa a mostrar nossa identidade judia-NAO È APENAS UM PAPEL DE CONVERSAO-pois tem atè pastores protestantes que compraram conversao-mas na realidade,nao funciona-E,se um determinado grupo judeu,nao me aceita,isso nao quer dizer que nao sou judeu(israeli),è um caso de politica interna do grupo-no meu entender JUDAISMO, è pratica de boas obras,de estar engajado ,na melhor forma possivel-ajudar quando possa as obras sociais,e no hevra kadishah-e assim,por diante-em casa, no serviço-ajudar os movimentos de aliah-ajudar contra o processo de assimilaçao,ajudando os judeus, mostrando a luz ,sobre o que acontece,quando ele se assimila,e assim,por diante-

Noel Carlos de Souza disse:

Igor Neves Honório disse:
Noel Carlos de Souza enviou uma mensagem para você em JUDAISMO HUMANISTA
Assunto: Shalom

------------Li o teu e-mail, na verdade penso ser super dificil se tornar judeu, uma caminhada longe, exige muito investimento de tempo, estudo e dinheiro.... e em qualquer sinagoga... do planeta o curso é bom pago, e por outro lado... exige muitas viagens... por outro lado eles selecionam mais pessoas cultas... por outro lado o processo de seleção é exigente demais, a caminhada é ardua....judaísmo não faz questão de fazer conversão... pelo contrário, alguns apenas conseguem... o judaísmo é uma religião bem fechada.
========================================================================================

Desde já peço desculpas pela sinceridade, mas senão for para ajudar não precisa me dizer nada.
Porque o que parece que ou que quero me converter por ser "bonitinho" ou que quero mas realmente ainda não sei se quero. Já deixei bem claro, minha caminhada e decisão não levou alguns dias ou alguns meses, foram anos até ter a certeza e dizer: é essa a vida a religião que quero seguir e tornar parte.
Sei que existem custos, sei que tenho que estudar muito, sei muito bem e já conversei isso com o Jayme de muitos judeus terem uma visão muito fechada estou até cansado de ouvir e saber disso.
Sei que muitos obstáculos pela frente virão, mas neste caso "Quem não ajuda, não atrapalha". Sem contar que "eles selecionam pessoas cultas"; "judaísmo não faz questão de fazer conversão" isso até ofende Então boa sorte, e vai em busca e seus objetivos !!

Essa foi a mais profunda e verdadeira reflexão sobre oque é ser judeu,independente de conversão,ou de genética, ser judeu é isso tudo,na minha rua por exemplo a minha casa é a unica que tem uma arvore e é um pé de amora,ha judeus com descedência  que nem se quer amam israel,nem se quer valorizam o sofrimento de seus antepassados,e esses que se dizem judeus messianicos,que absurdo basta estudar um pouco ou até mesmo no history assistir a respeito do novo testamento,que foi escrito por padres que foi colocado ali como a vontade de constantino,tudo por interesse políticos, ha judeus que seguem tradições,costumes ou simplesmente são judeus por que foram criados assim,mas ha o verdadeiro ISRAELY, aquele que ama israel,aquele que segue a torá e pratica seus mandamentos,para mim judeu era para estar em israel,mas os proprios judeus não querem morar lá,eu me orgulho por ser uma israelita,não tive a honra de ter nascido lá,nem mesmo fui criada como judia,fui criada como cristã infelizmente,mas o meu ser desabrochou para o meu povo,para a torá,para servir a hashem com alegria,sem conversão,sem costumes,mas seguindo oq está na torá como o shabat seria eu previlegiada se fizesse parte de uma comunidade e  frequentasse a sinagoga,mas infelizmente na cidade q moro não tenho acesso,porém estou pesquizando uma cidade do interior de sp que tenha sinagoga e eu possa completar minha alegria.se tiverem sugestão agradeço  shalom

 

 

 



benjamim medinah disse:

hola noel(noah ben israel)-eu sei que è dificl,mas ser israeli(judeu),nao è apenas ser afiliado a alguma sinagoga-ou ir aos sabados,acender as velas,e observar as festas em si-que deve ser feito, estar em uma comunidade-mas è mais alem,è estar junto de medinah israel, no bem e no mal, no conflito,e  na defesa de israel,influenciando aos dirigentes ,em especial ,do brasil,a nao por uma embaixada de um pais que ao existe,e nunca pode existir(palestina)-que sò os limites da terra de israel,sao para o povo judeu, e entender que ,pode somar e nao dividir-com o povo eleito a ser sacerdòcio santo-a abençoar a pròpria terra,e tambem a pròpria humanidade (goym) que sofre-com a sua participaçao de trazer a tecnologia e o humanismo judeu a toda terra-as descobertas pelos judeus, pelo bem do mundo-ser  Or (luz para as naçoes-ai,sim, estaremos preparando a vinda do Ungido-para estabelecer a paz real,que atè agora nao temos-e o esse de guerras,e fome,por todo o mundo-NAO DEVEMOS ESPERAR QUE A NAÇAO FAÇA ALGUMA COISA POR NÒS,MAS DEVEMOS FAZER ALGO PELA NAÇAO-atè ajudar a K.K.L.,obtendo uma arvore pra replantio,em neste caso, ao incendio de carmel-

isso,è dar, e nao querer receber-(um exemplo),ou ajudar as crianças que passam necessidade em israel-,tambem,

ajudar desinteressadamente,ocultamente,creio que começa por ai,TAMBEM ,apoiar o estado de israel,mesmo quando,parece que o governo esta equivocado, ou processam ao presidente corrupto-isso nao mudarà minha opiniao-ou quando dizem que israel oprime aos extrangeiros(palestinos),ou alguma minoria-e,que devemos fazer?assumir-uma postura-saber o que acontece na verdade,e por a luz tudo,isso eu entendo ,è aonde começa a mostrar nossa identidade judia-NAO È APENAS UM PAPEL DE CONVERSAO-pois tem atè pastores protestantes que compraram conversao-mas na realidade,nao funciona-E,se um determinado grupo judeu,nao me aceita,isso nao quer dizer que nao sou judeu(israeli),è um caso de politica interna do grupo-no meu entender JUDAISMO, è pratica de boas obras,de estar engajado ,na melhor forma possivel-ajudar quando possa as obras sociais,e no hevra kadishah-e assim,por diante-em casa, no serviço-ajudar os movimentos de aliah-ajudar contra o processo de assimilaçao,ajudando os judeus, mostrando a luz ,sobre o que acontece,quando ele se assimila,e assim,por diante-

Noel Carlos de Souza disse:

Igor Neves Honório disse:
Noel Carlos de Souza enviou uma mensagem para você em JUDAISMO HUMANISTA
Assunto: Shalom

------------Li o teu e-mail, na verdade penso ser super dificil se tornar judeu, uma caminhada longe, exige muito investimento de tempo, estudo e dinheiro.... e em qualquer sinagoga... do planeta o curso é bom pago, e por outro lado... exige muitas viagens... por outro lado eles selecionam mais pessoas cultas... por outro lado o processo de seleção é exigente demais, a caminhada é ardua....judaísmo não faz questão de fazer conversão... pelo contrário, alguns apenas conseguem... o judaísmo é uma religião bem fechada.
========================================================================================

Desde já peço desculpas pela sinceridade, mas senão for para ajudar não precisa me dizer nada.
Porque o que parece que ou que quero me converter por ser "bonitinho" ou que quero mas realmente ainda não sei se quero. Já deixei bem claro, minha caminhada e decisão não levou alguns dias ou alguns meses, foram anos até ter a certeza e dizer: é essa a vida a religião que quero seguir e tornar parte.
Sei que existem custos, sei que tenho que estudar muito, sei muito bem e já conversei isso com o Jayme de muitos judeus terem uma visão muito fechada estou até cansado de ouvir e saber disso.
Sei que muitos obstáculos pela frente virão, mas neste caso "Quem não ajuda, não atrapalha". Sem contar que "eles selecionam pessoas cultas"; "judaísmo não faz questão de fazer conversão" isso até ofende Então boa sorte, e vai em busca e seus objetivos !!

Shalom amigo Igor, como vão as coisas?

Conseguiu algum passo na sua caminhada? A minha infelizmente não está como eu gostaria, consegui contato com o Rabino Kadoch de Santos porém nada próspero. Tenho te desejado melhor sorte que a minha, porém, Hashem conhece nossos corações e no momento oportuno abrirá as portas.

Grande abraço e mande notícias.

Rafael

 A esperança para os Judeus da corrente humanista, creio eu, seria iniciarmos um grupo de prática judaica, com o intuito desse grupo, com o apoio de líderes, como o próprio Jayme, num futuro próximo tornar-se algo semelhante a uma sinagoga.

Laila tov, Igor!

Somente hoje foi que li este seu post. Respondo-lhe:

1. Para se tornar judeu é necessário: ter intenção séria; praticar já o judaísmo em sua tradição; procurar um tribunal rabínico ortodoxo, e o mesmo só existe em Nova York ( o mais perto), eles irão julgar se você poderá ser judeu.

Procura a Congregação Israelita Paulista para saber como ir até lá. O endereço dessa Congregação é: Rua Antonio Carlos, 653, Telefone: (11) 2808-6299 (site: http://www.cip.org.br)

Mazal tov!

http://www.cip.org.br

Existe também a Brit Bracha Brasil, que é uma instituição reformista liderada pelo rabino Jacques Cukierkorn, ele tem um processo de aulas on-line diretamente com ele mas o Beit Din é fisico marcado no fim de uma  serie de aulas ministrado por ele, esse processo de conversão pode durar de um a dois anos, nas aulas são abordados todos os temas de uma vida judaica, ciclo de vida judaica, tradição judaica e história judaica, cultura judaica. 

Para pesquisar sobre a instituição deixo aqui o link   http://www.britbracha.org/

Olá!

Só  hoje li  este tópico.  Conversão  hoje em dia e aqui no  Brasil não é nada fácil.   Não  é uma questão  só de dinheiro. Há muito mais coisas envolvida nisso, como  por exemplo, cair nas graças de um  rabino.  Conheço  um homem que sabe ler hebraico muito bem, fala hebraico bem e não foi aceito em nenhuma sinagoga. Ele é do Rio  de Janeiro. Por fim, desistiu, não  de ser judeu ou  de praticar a fé mosaica, mas, de frequentar sinagogas, pratica seu  judaísmo em casa. Precisa ter uma convicção inabalável para praticar tudo  sozinho. Por conta dos cristãos que queriam por que queriam converter os judeus a JC a ponto de alguns simularem estarem  convertidos para infiltrarem-se no meio  da comunidade e p´regarem o  evangelho do "novo testamento" que as portas se fecharam e permanecem  fechadas até hoje.

Antigamente era mais fácil tornar-se judeu ou um do povo  de ISRAEL. Bastava se dirigir a uma aldeia judaica e permanecer um tempo  no meio  dos judeus para ficar convertido.

Eles irão  ficar te  enrolando, se você não "cair" nas graças deles. Conheço  gente que está há quatorze, trinta anos dentro da sinagoga sem conversão.  Eles preferem que a pessoa fique como  amigo. Não acreditam  na sinceridade dos que praticam  e querem pertencer realmente ao  povo  de ISRAEL, através das Mtzvot. 

Existe rabinos reformista que fazem conversão. São  rabinos americanos, que nenhuma sinagoga reconhece a conversão feita por eles. Salvo aquela que o  rabino tiver algum parente influente para que ele o  recomende para que você frequente a sinagoga.  Caso contrário, será uma verdadeira frustração.

O rabino Endy Fonseca estudou  numa  Yeshivá britânica, onde não  se opôs  a sua ordenação como rabino dos anussim.

A conversão  dele é séria, mas destituída de qualquer vínculo  com  a ortodoxia de ISRAEL.  Não  é reconhecida pelo rabinato ortodoxo de ISRAEL.  Não é aceita em por nenhum movimento judaico aqui no  Brasil. A conversão  pelo  rabino Endy Fonseca  lhe dará a condição de você praticar sua fé judaica na localidade onde você você vive e formar grupos de estudo  caso deseje. A conversão feita pelo  rabino Endy Fonseca não  lhe dará direito a Aliá para ISRAEL.  A única que lhe dá o  direito de Aliá, é a feita pela ortodoxia legitimamente reconhecida e por outra instituição religiosa reformista reconhecida pelo  Estado de Israel. Há dois tipos de conversão: uma que é reconhecida pelo rabinato de ISRAEL; e  outra que é reconhecida pelo  Estado de ISRAEL.   Se você fizer conversão  pela ortodoxia,  será reconhecida pelo RABINATO ORTODOXO DE ISRAEL.  Essa conversão  é aceita no mundo todo e em  qualquer sinagoga. Ser você fizer por uma sinagoga reformista, será reconhecida pelo  Estado de ISRAEL. E essa conversão  só terá validade para as sinagogas reformistas. Não terá validade para nenhuma sinagoga  ortodoxa.

A vida religiosa é cara nos dias  de hoje. Tudo  é muito caro  Por isso que o pessoal do mundo diz: " Todo judeu é rico" Porque tem que ter muita "grana" para levar um vida religiosa de acordo com a  Halachá, principalmente pela ortodoxia.

Vem aí os dias de festas. Onde quem  não tem muito, gasta uma fortuna para cumprir com a tradição judaica. E não há outro jeito. Se você não pagar para fazer,  não  aprende.  Tem alguns grupos que se reúnem para fazer, e fazem errado  ou  incompleto, sem as devidas observações da tradição e da TORÁ.

Só  se você der a "sorte" como  teve o  grande sábio rabino Akiva,  de ter sido  contemplado pelos olhos de Rachel  (Raquel - judia) e casou-se com o não  judeu a contra-gosto de seu  pai (judeu).  Só depois que o homem estudou e tornou-se um grande sábio (convertido ao  judaísmo), que o pai  da moça o  aceitou. Isso depois de 24 anos da filha casada. 

Também estou  querendo uma "sorte" dessas.  Só  que, o nome do rabino  Akiva já estava escrito  nas estrelas.   Até Moshê e Adão  sabiam da conversão  do Akiva, antes mesmo  dele nascer. O meu  não sei se está .  dizem os nossos  sábios que a pessoa que quer agregar-se ao  povo, é porque sua  alma estava n o Sinai recebendo  a TORÁ de forma espiritual.

A caminhada é árdua, difícil e delicada.  Pobre aqui no  Brasil não  tem vez. Eles querem saber o  que você tem a acrescentar a eles e ao povo. Qual  o  seu  potencial?  Se  você não tem nada  (dinheiro ou sugestões significativas que resolvam os problemas da comunidade ou  de Israel)    Não  irão  te dar "bola". Você  será apenas um amigo distante. Será sempre um estranho.  

mas não assim nos EUA.   Estive em MIAME (fala-se MAIAME), visitei  uma sinagoga ortodoxa e lá tinha muitos convertidos latinos. Detalhe: pobres. Só que pobre nos EUA é como um rico aqui  da Zona Sul  do Rio. Conversei com  vários deles em português mesmo. Porque falando de vagar eles entendiam. O nome da sinagoga era: Oheve Shalom.

Lá o rabino  converte. Mas você tem que morar lá.  Se tenho  muito dinheiro já estava lá.

Não se afobe com o eu  me afobei.  Estude primeiro. eles preferem pessoas prontas. Aprenda hebraico quadrático  e cursiva. Aprenda a reza litúrgica. Aprenda fazer tudo  direito, para não dar "mancada", não pagar "mico" com o eu.

Diz um  ditado que: o afobado come cru. 

A não  ser que você se converta e vá direto para uma Yeshivá, como foi  a sorte do Rabi  Akiva.  Aí você vai  voltar sabendo  tudo. Só que o  Akiva era pobre e analfabeto. Acreditaram nele. Ajudaram-no para que conseguisse o  feito. Está difícil  encontrar quem  nos ajude e acredite na nossa sinceridade. Como deixar de ser um ignorante se não houver quem  nos ajude?

BOA SORTE E BONS ESTUDOS !!!



Olá, seria legal darem uma olhada nisso, pode ser verídico

http://www.scribd.com/doc/246589792/Rabino-Andy-Fonseca 

Olá seria legal dar uma olhada nisso, pode ser verídico

http://www.scribd.com/doc/246589792/Rabino-Andy-Fonseca 

Responder à discussão

RSS

© 2019   Criado por Jayme Fucs Bar.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço