JUDAISMO HUMANISTA

O Judaismo Humanista é a pratica da liberdade e dignidade humana

Anderson N. Ramos
  • Masculino
  • sim
Compartilhar
  • Mensagens de blog
  • Tópicos
  • Eventos
  • Grupos (17)
  • Fotos
  • Álbuns de Fotos
  • Vídeos

Amigos de Anderson N. Ramos

  • Adam David
  • Altamiro Galvão de Paiva
  • ZEGERALDO
  • Marcelo Barzilai
  • Paulo Blank
  • Jayme Fucs Bar

Presentes recebidos

Presente

Anderson N. Ramos ainda não recebeu nenhum presente

Dar um presente

 

Página de Anderson N. Ramos

Informações do Perfil

Cidade
Rio de Janeiro
Voce tem claro que esse site esta vinculado com a corrente do Judaismo Humanista ? porem todas as pessoas são bem vindas , independentes se são ou não judeus ou se definem ou não como judeus humanistas! Existe um criterio unico que é a do respeito mutuo "ao outro" e a concepção judaica desse site .
sim
Por que Você quer ser membro dessa comunidade?
Quero conhecer sobre esta corrente dentro do judaísmo, se assim posso chamar.

APROVADA DISPENSA DE SERVIDORES JUDEUS EM FERIADOS RELIGIOSOS

A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou nesta terça-feira (24/09), em discussão única, o projeto de lei 2.435/13, em que o Poder Executivo dispensa os servidores judeus do trabalho nos dias em que são celebrados o ano novo judaico (Rosh Hashaná), o dia do perdão (Yom Kippur) e também o Pessach, que marca o êxodo do povo judeu do Egito, onde era escravizado. Originalmente a dispensa no Pessach, seria apenas no primeiro e no sétimo dia, mas a Casa aprovou emenda do deputado Gerson Berguer (PSDB) incluindo o segundo dia. “Os dois primeiros são dias de intensa reza na comunidade”, justificou o parlamentar, judeu e com constante trabalho dedicado à causa judaica.

Enquanto as primeiras datas caem em setembro ou outubro, o Pessach (passagem) é comemorado em abril. As celebrações judaicas são móveis, uma vez que seguem um calendário lunisolar. Na justificativa ao projeto, o governador Sérgio Cabral explica que o beneficio já existe, mas é tema de lei estadual (Lei 2.874/97), que, por ter nascido na Alerj, vem sendo questionada na justiça – sob alegação de vício de iniciativa. “Para evitar a declaração de inconstitucionalidade de tão importante iniciativa, é que se apresenta esta mensagem para deliberação do Poder Legislativo”, argumenta o governador no texto. A lei que esta proposta pretende substituir teve origem em proposta da deputada Graça Matos (PMDB).

O projeto será enviado ao governador, que terá 15 dias para sancionar a proposta.

(texto de Fernanda Porto)


Pedro Motta Lima

Diretoria de Comunicação Social da Alerj


 

 

Netpetropolis.com.br

Caixa de Recados (1 comentário)

Você precisa ser um membro de JUDAISMO HUMANISTA para adicionar comentários!

Entrar em JUDAISMO HUMANISTA

Às 13:53 em 10 outubro 2013, Adam David disse...

Seja bem vindo a minha pagina de amigos

 
 
 

© 2018   Criado por Jayme Fucs Bar.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço