JUDAISMO HUMANISTA

O Judaismo Humanista é a pratica da liberdade e dignidade humana

Lilian Neves Mise
  • Feminino
  • SP
  • Brasil
Compartilhar

Amigos de Lilian Neves Mise

  • Yitzchak Uryel Avraham
  • Marcelo Cesar Dias
  • DANIEL DE MEIRA OLIVEIRA
  • Rufino Maria Filho
  • sueli rivkah vieira
  • Alberto Kleinas
  • Sérgio Storch
  • Monica Seincman
  • Leo Agapejev de Andrade
  • Paulo Blank
  • Moshe Moti Rosen
  • Geraldo Coen
  • Jayme Fucs Bar

Presentes recebidos

Presente

Lilian Neves Mise ainda não recebeu nenhum presente

Dar um presente

 

Página de Lilian Neves Mise

Eu...

Quem sou?

 

Atualmente sou terapeuta e instrutora em terapias orientais e graduanda no ultimo semestre do curso de filosofia (procuro escola para fazer estágio ou dar aula, quem puder ajudar é bem vindo!).
Como vim parar aqui?
Isto não me lembro, mas posso dizer porque fiquei.
Apesar de hoje estudar filosofia, também sou técnica química e trabalhei alguns anos como supervisora de produção da área alimentícia. Também já fui operária no Japão. E por outro lado, nasci de familia católica não praticante, mas tive diversas boas experiências espirituais em outros grupos, desde que posso me lembrar me interesso por religião, e um dos livros que li quando ainda estava aprendendo a ler, foi a bíblia.
O judaísmo apareceu no meu caminho como um espaço onde era possível pensar e viver esses âmbitos do material e espiritual. Além disso, é minha paixão - e cada vez que estudo, fico mais apaixonada.
Atualmente faço curso de conversão (não gosto muito desta palavra, posso dizer de aproximação ou migração? rs)
Meus interesses são questões que embora apareçam no judaísmo, são também humanas: a questão da mulher, do trabalho, do descanso, dos ciclos da vida, da palavra, da ética e justiça (difícil questão). Pensar estas questões como problemas para as quais nunca se encontram respostas definitivas, mas respostas em diferentes tempos e lugares, questões que devem sempre ser levantadas. Questões que exigem todo nosso coração, mente, nosso corpo para responder.
Alguns autores que conheci na faculdade que me aproximaram ainda mais do judaísmo foram Buber, Levinas, Benjamin...Além do Derrida que descobri por contra própria. Acho que alguns desses autores tem relação com os objetivos do grupo, e por isso fiquei...

Blog de Lilian Neves Mise

Mulheres e o judaísmo

Postado em 31 janeiro 2011 às 13:30 0 Comentários

Alguns links que mostram as mudanças que as mulheres estão trazendo ao judaísmo, todos em inglês (sorry!!!). 

Se alguém souber de outros é só postar.

 

http://www.lilith.org/

Publicação independente judaica feminista, com o nome provocativo de Lilith produz artigos sobre a mulher e sua relação com o judaísmo.

 

http://www.jofa.org/

Organização judaica feminista ortodoxa…

Continuar

Buber e Israel

Postado em 31 janeiro 2011 às 13:30 0 Comentários

Reflexão a respeito de Israel por Buber na revista veja em maio de 1948.
Quando nós, os judeus, retornamos à Terra Santa depois de muitas centenas de anos, agimos como se essa…
Continuar

Quando faz bem negar a existência de Deus

Postado em 24 janeiro 2011 às 16:55 5 Comentários

O Rabi Mosché Leib disse - Não há no homem qualidade ou força sem propósito. E até as vis e baixas qualidades podem ser elevadas para servir a Deus. Assim, por exemplo, quando a altiva autoconfiança é elevada transforma-se na alta confiança nos caminhos de Deus. Mas por que fim terá sido criada a negação de Deus? Também ela pode lograr sua elevação no ato de caridade. Pois, quando alguém te procura e roga teu auxílio, não deves pois despedi-lo com frases piedosas…

Continuar

Aprender...

Postado em 15 janeiro 2011 às 20:00 0 Comentários

A luta de Jacó e o Anjo. Obra do francês Alexander Louis Leloir, 1865

 

"Discurso não é, portanto, desenvolvimento de uma lógica interna pré-fabricada, mas constituição de verdade numa luta entre pensadores, com todas a vicissitudes da…

Continuar

Caixa de Recados (5 comentários)

Você precisa ser um membro de JUDAISMO HUMANISTA para adicionar comentários!

Entrar em JUDAISMO HUMANISTA

Às 10:33 em 28 agosto 2011, Marcelo Cesar Dias disse...
Oi Lilian, também curto filosofia, fiz até a quarta fase na UFSC. Me aproximei do judaísmo devido a reminiscência judaica familiar e agora estou no processo de conversão não oficial, como está sendo a tua, já lesse o livro Bem Vindo ao Judaísmo? Sou licenciado em Geografia, ponteador de viola caipira, esperantista e atualmente tento terminar o bacharelado em Geografia. Acho que podemos ter boas conversas.
Às 20:34 em 20 março 2011, Leo Agapejev de Andrade disse...
Oi, Lilian! Só gostaria de avisar que encontrei uma professora de hebraico moderno. Ela é historiadora e viveu 4 anos em Israel. Conhece história judaica e me parece ser bem dedicada (eu fiz aula com ela durante um semestre). Entre em contato comigo e então reuniremos um grupo para as aulas, ok?!
Às 1:18 em 6 fevereiro 2011, Paulo Blank disse...
Oi Lilian shalom ,q bom saber q existem pessoas interessadas em Levinas,é coisa rara por aqui.Andei dando uma olhada lá em cima e acho q vamos ter bastante interesses comuns.Qdo vc puder de uma olhada em meus artigos onde falo de Levinas( q me inspira mto) e me mande a sua opinião e o q vc anda estudando no momento. Não prometo responder logo pq meu uso d einternet é bem limitado por conta do meu trabalho mas garanto q respondo. Um bom final de semana e obrigado por aparecer por aqui. Tbm nao gosto do termo conversão, prefiro adesão.Bjs e bom finalde semana.PB
Às 20:54 em 24 janeiro 2011, Sérgio Storch disse...

Oi Lilian

Adorei a sua apresentação. Posso lhe sugerir uma mitsvá?

Seguinte: isso que você fez é um pequeno grande passo para o fortalecimento de uma rede, e só pode ser feito individualmente.

A mitsvá é dar essa dica para mais alguém. Se você fizer isso com um dos outros 600 que temos aqui, daqui a pouco teremos contaminado todos, e a rede ficará bem mais humana e acolhedora.

Topa?

Um beijo, e espero por você no dia 1.

Às 11:10 em 12 dezembro 2010, Jayme Fucs Bar disse...

Shalom Lilian Seja Bem Vinda!

 
 
 

© 2019   Criado por Jayme Fucs Bar.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço