JUDAISMO HUMANISTA

O Judaismo Humanista é a pratica da liberdade e dignidade humana

VISÕES DA KABBALAH - NO ZOHAR, Yisrael é o Servo Sofredor, o Cordeiro.

A interpretação da Torá por religiosos no mundo ocidental tende a criar um vínculo do sentido profético dos seus textos, com os dogmas do predomínio religioso do Ocidente. Embora cada ser humano tenha o direito do livre arbítrio, para a escolha do seu caminho espiritual, não pode submeter-se no caso de Isaias 53:7, a uma exegese e a uma hermenêutica, fora dos padrões Judaicos.
 
Como que explica o Zohar o sentido verdadeiro do texto?
"Venha, considere a congregação de Israel, como ele é chamado de cordeiro, pois está escrito: 'Ele foi oprimido e afligido, contudo não abriu a sua boca; como um cordeiro para o matadouro foi levado, e como uma ovelha que diante de seus tosquiadores fica calada, ele não abriu a sua boca' (Is. 53:7) Por que ficou calado? Porque enquanto outras nações governavam sobre ele, ele foi privado de falar e se fez calado." (Zohar Bereshit, Parashá Vaiera).
 
Quando nos tornamos conhecedores da investigação profética nos moldes do Judaismo, nossa mente se liberta dos dogmas, e vivenciamos melhor a espiritualidade. Todo sentimento de culpa, faltas e arrependimento, devem ser encaminhados ao Criador, porque além DELE, não há outro.
by Moré Altamiro Paiva
 

Exibições: 108

Comentar

Você precisa ser um membro de JUDAISMO HUMANISTA para adicionar comentários!

Entrar em JUDAISMO HUMANISTA

© 2020   Criado por Jayme Fucs Bar.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço