JUDAISMO HUMANISTA

O Judaismo Humanista é a pratica da liberdade e dignidade humana

Blog de Moshe Pitchon -- fevereiro 2015 Arquivo (4)

Deve o Templo ser reconstruído?

Uma grande parte da literatura fundacional de Israel são dedicados à construção, equipamento e operação do "mishkan," o templo portátil do deserto, que, de acordo com a narrativa dos textos acabaria por se sentar no templo de Jerusalém, construído pelo Rei Salomão.

 

O que está em jogo neste relato não é simples informação arquitectónica, nem mesmo como operar o serviço, mas um puja teológica no coração de diferentes concepções sobre o envolvimento de Deus nos assuntos…

Continuar

Adicionado por Moshe Pitchon em 25 fevereiro 2015 às 13:35 — Sem comentários

As Percepções Mudam

A sabedoria popular judaica afirma que a religião judaica é uma religião sem teologia. O que significa que ela tem pouco a dizer sobre Deus, uma realidade que é incognoscível. Capítulos 25-31 do Êxodo são um bom exemplo não só de como esta afirmação é discutível, mas também a forma como pensamos sobre Deus evolui.

 

Dois objetos de culto, o "Aron" e o "Tabernáculo" dominam o início da religião de Israel. Esses objetos são tão importantes que nos primeiros cinco livros da…

Continuar

Adicionado por Moshe Pitchon em 20 fevereiro 2015 às 12:21 — Sem comentários

Como Israel vê o mundo e vê a si mesma

Rapidamente, lista três palavras que imediatamente vêm à mente quando você ouve a palavra "poder".

 

Em seguida, responda a pergunta:

 

Você já se sentiu poderoso? Foi à custa de alguém?

 

Cheryl E Czuba e Nanette Page, dois educadores de extensão da Universidade de Connecticut relatam que para a maioria das pessoas, palavras que vêm à mente quando se pensa em poder muitas vezes giram em torno do controle e dominação, como algo que se…

Continuar

Adicionado por Moshe Pitchon em 13 fevereiro 2015 às 12:20 — Sem comentários

Por que "cobiça", e não "ciúme" ou "inveja"?

Embora palavras como "ciúme" e "inveja", são regularmente encontrados em conversas normais, a palavra "cobiça" [hebraico = tahmod] é raramente ouvida. Quanto consciência temos da diferença e por que ela foi escolhido por  o TaNaKh para estar no nível de crimes como roubo e até mesmo assassinato?

 

Não só isso, entre as dez "palavras" no livro de Êxodo, capítulo 20 , é a único "não" que é mencionado duas vezes:

 

  "Não cobiçarás a casa do teu próximo; não…

Continuar

Adicionado por Moshe Pitchon em 6 fevereiro 2015 às 13:46 — Sem comentários

© 2021   Criado por Jayme Fucs Bar.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço