JUDAISMO HUMANISTA

O Judaismo Humanista é a pratica da liberdade e dignidade humana

YaLa - Diálogos de jovens israelenses, palestinos e árabes

Informação

YaLa - Diálogos de jovens israelenses, palestinos e árabes

Vamos compartilhar aqui a experiência na participação em diálogos de jovens de 15 a 30 anos israelenses e palestinos (e também de outros países árabes).

Site: http://www.facebook.com/yalaYL
Local: Brasil
Membros: 16
Última atividade: 14 Nov, 2014

Este grupo nasceu de um post no grupo Processo de Paz Israelense Palestino. Venha conhecê-lo também

Aqui temos o objetivo específico de acompanharmos o YaLa, um site criado por Uri Savir, negociador dos acordos de Oslo, e tem o apoio dos presidentes de Israel e da Autoridade Nacional Palestina, respectivamente Shimon Peres e Mahmood Abbas.

Foi noticiado no New York Times neste artigo em 9/7/11:

Virtual Bridge Allows Strangers in MidEast to Seem Less Strange

Há um post do Jayme "Árabes e Israelenses... " no grupo Processo de Paz que dá mais informações.

 

A ideia aqui é estimular a participação no YaLa. Se cada um participar um pouquinho de vez em quando e vier contar aqui (talvez um diário de bordo), estaremos presentes e socializaremos entre nós o aprendizado que teremos interagindo com eles.

O foco do site é a idade de 15 a 30 anos. Eu vi o caso de uma criança tunisina de 15 anos se colocando muito bem, querendo conhecer israelenses, e sendo desafiada por uma pessoa adulta (não-árabe) cheia de desconfianças sobre Israel. Há diversos moderadores, todos voluntários e sem coordenação de uma estrutura burocrática. O processo está muito bacana, e se renova a cada dia, com novas pessoas.

 

Vá lá de vez em quando, siga algumas discussões, e venha contar. Isso estimulará outras pessoas para que também façam um pouquinho.

Endereço: http://www.facebook.com/yalaYL

 

 

Fórum de discussão

Reencontrando o outro lado por Amir Szuster da Conexão Israel

Iniciado por Jayme Fucs Bar 14 Nov, 2014. 0 Respostas

Tive a oportunidade de participar de um programa de estudos de dois meses com estudantes israelenses e palestinos em Roma, no inicio deste ano. No texto “…Continuar

Integração dos refugiados palestinos nos demais países árabes

Iniciado por Sérgio Storch 22 Jul, 2011. 0 Respostas

Lutfy Abu Ghazaleh well i agree that we must coexist and we can coexist but i believe that Israel must with drawl back to 67 borders , and…Continuar

Lidando com o discurso amargo da injustiça e vitimização

Iniciado por Sérgio Storch 21 Jul, 2011. 0 Respostas

Nas discussões sobre a questão palestina é muito frequente termos pessoas com um discurso muito amargo, que traz uma coleção de injustiças e vitimizações. No YaLa também acontece isso.Outras pessoas…Continuar

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de YaLa - Diálogos de jovens israelenses, palestinos e árabes para adicionar comentários!

Comentário de Sérgio Storch em 28 agosto 2011 às 16:28

Caros amigos

Fico feliz em ver mais amigos entrando no Yala!

Quero transmitir a minha experiência, que pode ser útil para calibrarmos o nosso comportamento nessa rede:

  1. já peguei discussões bem bravas, em que minha tentação foi cair de pau. Percebi que, antes de mim, outros já o haviam feito. A paciência me salvou de ter me exaltado.
  2. É muito grande a dureza dos internacionais em relação aos israelenses, de modo quase geral, Tenho percebido que outros internacionais chegam com discursos bastante generosos que acabam desarmando o discurso mais radical. No fim as pessoas ficam amigas.
  3. Várias pessoas já saíram. Outras várias pessoas vieram com discursos que incitam à violência. Elas são excluídas, sem que tenhamos que combatê-las. Vi isso acontecer com pessoas de ambos os lados.
  4. A experiência tem sido muito enriquecedora para mim, e o meu repertório no diálogo em situações de conflito em que ambos os lados têm razões tem crescido. Tenho conseguido ganhar reconhecimento por algumas intervenções, e posso dizer que, com certeza, agora tenho vários amigos palestinos e israelenses com quem pretendo um dia me encontrar.
  5. Minha reação, que estudo este assunto há 10 anos, mesmo assim foi em vários momentos de negação daquilo que não quero acreditar. É importante superar este estágio e ser capaz de ouvir e ver tudo que aparece.
  6. acompanhei conversas em tempo real entre israelenses e palestinos durante os bombardeios desta semana. São laços que não irão desaparecer no momento em que a Palestina for um Estado e em que ambos os países precisarão desta amizade nos grassroots.

Enfim, acredito que vale a pena.

Quem tiver paciência, vá retroagindo nas páginas anteriores para descobrir os tesouros que as pessoas trouxeram nesse curto período.

Peço que tragam para cá os sentimentos que lhes afloram e as dúvidas sobre como agir, pois estamos numa situação privilegiada de não estarmos no olho do furacão, e o nosso aprendizado com este distanciamento pode ser útil para eles.

Comentário de Jayme Fucs Bar em 22 julho 2011 às 7:14

Parabens Sergio, Por Mais uma de suas  Grandes Iniciativas!

Shabat Shalom! com desejo que esse grupo possa trazer um pouco das esperancas perdidas, de encontrar um dialogo de paz e coexistencia entre Judeus e arabes

Comentário de Sérgio Storch em 21 julho 2011 às 23:41
Amigos, abri um tópico para relatar uma experiência. Vejam lá no tópico

Lidando com o discurso amargo da injustiça e vitimização

 

Membros (15)

 
 
 

© 2019   Criado por Jayme Fucs Bar.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço